terça-feira, setembro 30, 2008

Ano II, Número 89

FUTEBOL 4 x 1 ARROGÂNCIA

Eu tenho pouco a falar e fico até constrangido de me utilizar deste espaço depois do que vi no domingo. Foi um chocolate como há muito não se via por estes pagos. E aí me resta anotar, entusiasmado, a vitória gloriosa do futebol sobre a arrogância; da bola bem jogada sobre o discurso vazio. O mesmo INTERNACIONAL que um dia atolou a patrola da azenha, agora despedaçou, pedaço por pedaço, a máquina tricolor. Com atuações individuais impecáveis e, sobretudo, um pacto coletivo muito forte, o COLORADO desbancou o líder do certame e avançou mais três pontos na tabela.

O CACIQUE e O GENERAL

Índio e Bolívar formam uma zaga soberana e intransponível. Mesmo atuando pela quarta zaga, aonde sua atuação fica prejudicada, o General Bolívar já justificou seu repatriamento a solo gaúcho, especialmente pela liderança na grande área. Na zaga central o Cacique Índio está honrando uma das camisas mais respeitadas dentro do INTERNACIONAL (a número “3” de Figueroa, Aloísio, C. Silva e Lúcio); marcou 3 gols nos últimos 4 gNAIS. Que dupla de zaga!

D´ALESSANDRO

Caiu nas graças da torcida Colorada. A maior contratação do futebol brasileiro (ao lado de Nilmar), já se justifica pelas últimas atuações. Jogador de grande potencial técnico, mostrou no clássico que foi rápida sua adaptação ao nosso futebol (especialmente ao futebol Colorado, que sempre primou pela boa técnica). Além disso, demonstra carisma nas declarações. Atuando pela esquerda, dará muitas alegrias ao torcedor Colorado.

DEU TUDO CERTO

Não bastasse o resultado acachapante de 4x1, o lance que originou as expulsões de Tcheco e Edinho veio em ótima hora. Embora injusto o vermelho para Edinho, que nada fez no despropositado jogador adversário, a saída de ambos foi mais útil ao INTERNACIONAL, ainda mais depois das equívocadas alterações de C. Roth. Vencemos o clássico sob todas as óticas.

LEXOTAN...

Talvez agora, depois da sumanta de pau que levou domingo, o vizinho finalmente consiga se livrar dos recorrentes pesadelos que tinha com Uh! Fabiano, desde 1997. Substituição no time dos pesadelos azenhanos: sai Uh! Fabiano dos 5x2 para o ingresso de Dale Alessandro do 4x1. E uma caixa de lexotan para o vizinho!!!

O MAIS INFELIZ DOS INFELIZES

“Eu sou contra a violência, completamente, mas, ontem, quando a grade caiu, 3 mil da geral botaram 20 mil para correr; eles correram tudo para o outro lado. Na hora que a grade caiu, correram tudo para o outro lado. 3 mil, a geral do grêmio, botou 20 mil para correr ontem; dentro de casa!” ( Luis Carlos “Cacalo” Silveira Martins, no programa Sala de Redação de segunda-feira, dia 29 de setembro de 2008, com o riso de P. Santana ao fundo). Tchê, é demais! Preciso comentar ?!

TORCIDA ÚNICA

Está mais do que na hora de se adotar torcida única em clássico gNAL. O que esse bando de marginal desqualificado dessa tal de “geral tricolor” faz no Gigante da Beira-Rio, há muito tempo, não pode continuar. Eles enfrentam a brigada militar e eles brigam até mesmo entre si; a última coisa que pretendem quando vão ao estádio é assistir ao jogo. Desde o gNAL dos banheiros queimados defendo a torcida única e continuarei empunhando esta bandeira.

RÁPIDAS
.
Flamengo, São Paulo, Cruzeiro e Palmeiras. A não ser que surja um bicho papão nesta reta final (bem que poderia ser o COLORADO), esses quatro devem terminar na dianteira do campeonato.
.
O ambiente de criação de um atleta e profissional do esporte é tão importante quanto a família para o ser humano.
.
R. Portaluppi afundou o Fluminense e agora afunda o Vasco da Gama. Enquanto isso, Dunga trabalha contra tudo e todos e a cada rodada das Eliminatórias torna mais fácil a caminhada do Brasil à Copa do Mundo. Prova de que o Celeiro de Ases é berço esplêndido.
.
.
“Foi chocolate galáctico” (V. Piffero em entrevista após o jogo, indagado sobre as declarações infelizes do falastrão P. Odone durante a semana).
.
“A máquina veio amarela e lenta” (Índio ao final do clássico);
.
“Está mais do que comprovado que o Tite é gremista; pois se fosse Colorado (ou o Abel) teria sido OITO” (Josué Krug – Centro de Porto Alegre);
.
“O Beira-Rio vai ser interditado: é o maior desmanche de máquinas do Sul do Brasil” (Carlão Oliveira – Rubem Berta, Porto Alegre);
.
Reunião na tarde de hoje, lá na azenha, para fazer cobranças ao treinador C. Roth. Será que vão explicar o que ele foi fazer lá na Polícia Federal e no que consiste a tal operação Ouro Verde ?!
.
Sim, porque o vizinho, até agora, não nos explicou. O povo gaúcho aguarda tal explicação!
.
E por falar em povo gaúcho, mais uma vez o pessoal da azenha pagou mico e deu vexame no cenário nacional. Um representante da azenha apareceu (como penetra) no evento que define as sedes e locais de disputa da Copa do Mundo 2014. Relatos dão conta que o indivíduo chegou carregado de maquetes e saiu de lá com o rabo entre as pernas, ao saber que futebol se joga dentro de gramado e em ESTÁDIO DE FUTEBOL.
.
“TUA EFÊMERA LIDERANÇA SERÁ DERRETIDA EM 90 MINUTOS NO CALDEIRÃO COLORADO vizinho!”
.
Errei, admito! Derretemos a liderança deles em apenas 45 minutos.
.
Um, dois, três, QUATRO!
.
Ôoo ôoo ôoo, É O ROLO COMPRESSOR!
.
Assim, cantava o povo COLORADO nas arquibancadas.
.
D´Alessandro, Alex, Índio e Nilmar. Tu nunca mais te atrevas a falar mal deste quarteto vizinho!
.
Que banho de bola levaste! Inesquecível!
.
Coluna inteiramente redigida sob a influência de uma vitória espetacular. Cobrem-me pés no chão apenas na próxima coluna!
.
E agora resta ao vizinho, TRI-ELIMINADO e com a liderança desbancada pelo INTERNACIONAL, se assinar, ao final da coluna, como “campeão da taça osmar santos”. Bah!
.
Saudações rubras, do MULTICAMPEÃO MUNDIAL, INTEGRANTE DO G6 e DETENTOR DA TRÍPLICE COROA MUNDIAL e DONO DA ALDEIA (38*).
Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br


DIGNIDADE, POR FAVOR!

Escrevo algumas mal-traçadas linhas ainda sob o calor pós-clássico.

Peço que alguém me explique o que aconteceu no clássico, pois eu ainda não entendi. O jogo estava equilibrado, mesmo com o primeiro gol vermelho, a 1 minuto e meio de jogo. Equilibramos as ações do jogo e empatamos através de Tcheco.

Mantivemos o equilíbrio das ações, mas o GRÊMIO se desequilibrou emocionalmente depois de uma falta mal-assinalada por Evandro Rogério Roman, que Alex cobrou com rapidez. Afinal o lance do Anderson Pico foi claramente bola na mão.

Acabamos levando mais dois gols nos 5 minutos finais mais por descontrole do time, que se perdeu depois de ter levado o segundo gol.

Depois, Tcheco e Edinho acabaram sendo expulsos.

No segundo tempo, o técnico Celso Roth simplesmente ajeitou o time pra não levar mais gols. E foi o que aconteceu. Um vexame histórico do time do GRÊMIO.

Obrigado, Celso Roth, por transformar o meio-campo do GRÊMIO em uma total embolação. Por insistir com Paulo Sérgio e Marcel, quando Felipe Mattioni e Richard Morales pedem passagem neste time. Por escalar o Perea e o Pereira descontados, um acabou saindo no intervalo e o outro, por lesão, com apenas 10 minutos. Por sequer tentar descontar na volta do segundo tempo, armando o time só pra não tomar mais gols e tornando o vexame ainda maior.

Obrigado, Odone, por municiar o adversário com declarações que em nada acrescentaram para o GRÊMIO e sua torcida. Antes de dizer que vai passar a máquina em alguém, OLHA PRO TEU TIME, Ô JAGUARA!! E pro desempenho dele nas 4 últimas rodadas.

Obrigado, Tcheco, por ser um descontrolado e desequilibrado, e por mais uma vez ter afundado o time. Não bastou o fiasco da Bombonera, uma amarelada que não combina com o GRÊMIO, com sua história e com sua torcida. Não bastaram derrotas bobas que nos tiraram a Libertadores deste ano. Tinhas que demonstrar teu desequilibro perante nosso maior rival. Tomara que sejas suspenso até o final do campeonato, talvez assim haja uma chance (mínima) de sermos campeões ainda. Ao menos estamos livres dele nos próximos dois jogos. Um pelo terceiro amarelo e outro pelo vermelho direto.

Obrigado, Krieger, por trazer o Tcheco de volta. Por contratar o Souza, que o Obino queria pro seu “time dos pesadelos” de 2004, mas não conseguiu trazer. Agora dá pra entender porque alguns amigos são-paulinos detestavam tanto o Souza “cereja do bolo” do nosso vice de futebol.

Agora, como diria o Paulo Sant’anna, “preteou os olhos da gateada”. O empate do Palmeiras deixa o time do Parque Antarctica em igualdade de pontos com o GRÊMIO, mas temos uma vitória a menos do que o alviverde paulista. Se o GRÊMIO conseguir se recuperar do baque, o que eu duvido muito, será um campeão marcado por uma derrota vexatória em um clássico.

Agora, se for pra perder o título, que não seja para o Palmeiras...


ESFRIANDO UM POUCO A CABEÇA

A seqüência do campeonato nos reserva dois confrontos em casa: sábado, contra um Botafogo em ascensão no segundo turno, mas que vem de empate em clássico contra o Fluminense. E no meio da semana que vem, contra o Santos, que ainda não se achou neste brasileiro e segue ameaçado pelo fantasma do rebaixamento. Em se tratando de dois jogos em casa, principalmente depois do “setembro negro”, que nos reservou apenas 2 pontos conquistados em 12 disputados, duas vitórias são imprescindíveis.

Após os dois jogos em casa, a tabela nos reserva um confronto contra a Portuguesa fora de casa. Jogo pra trazer 3 pontos. Depois, tem o Sport em casa e o mês termina com o jogo contra o Cruzeiro lá no Mineirão. Portanto, dá pra projetar uma “volta pros eixos” do GRÊMIO, com 12 pontos em 15 disputados. Se ainda quisermos o título, temos que buscar este aproveitamento.


RAPIDINHAS

Douglas Costa, a nova promessa tricolor, deve ser relacionado para o jogo contra o Botafogo. No entanto, deve começar no banco de reservas.


Souza está com uma lesão leve, é dúvida para sábado.


Sem Tcheco e Orteman, suspensos, o time provável deve ser: Victor; Leo, Pereira (Jean) e Réver; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, William Magrão, Souza e Anderson Pico; Perea (Soares) e Richard Morales (Marcel).


Antes que venham falar qualquer coisa: repudio os atos de alguns marginais travestidos de torcedores que protagonizaram aquela barbárie no último jogo.


O resultado do jogo não passou por aí dessa vez, mas foi o 4º jogo seguido que tivemos pênalti sonegado. Houve penalidade no Marcel cometida por Clemer, não-assinalada por Evandro Rogério Roman, justamente ele que é o rei do pênalti.


Diego Souza dá uma cotovelada no adversário, é denunciado no STJD, julgado e absolvido. Se fosse com um jogador do GRÊMIO, o que aconteceria? Já disse: parem o campeonato e dêem logo a taça para o Palmeiras.


Saudações imortais,

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração

12 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

Nao existe título manchado por derrota. O que ficaria, no caso, é que a única alegria deles terá sido o clássico. Se aconteceu isso que tu disseste, Aldeba, a derrota e o vexame vieram bem.

P.S.: Nada a ver com o resultado de ontem, mas vou votar na oposicao. A chapa é bem melhor e dia 18 já estarei de volta...

Ricardo A. - Colorado em SP disse...

Santell.... e gremistas.. se ocorrer do gremio perder foi por causa de seus problemas e não de erros de arbitragem. No Grenal se houve um penalty contra o gremio poderíamos reclamar que o Edinho não deveria ter sido expulso. O gremio perdeu por incompetencia dos dirigentes é técnico, como bem fala a coluna do gremio.

jo disse...

claro e cristalino para quem entende do riscado e não é doente como gremistas que escrevem nesta coluna:o inter é oceanicamente melhor.

jo disse...

tirando os nossos laterais que são ruins -assim como os deles-os outros 9 em campo são melhores que os do portoalegrense!dá pra comparar nilmar com perea,alex com marcel,guinazu com tcheco,d'alessandro com qualquer um do plantel tricolino,indio cacique com léo,bolivar com jean , pereira(não botei o sorondo pra não tripudiar demais),magrão com rafael carioca...Me poupe!4 na cola do gremista tite saiu no lucro pois se fosse o abelão com 4x1 no primeiro tempo o jogo terminava 6,7 ou como a filial 8!

Luiz Portinho disse...

depois de ficar mais de 2 minutos nos olhando jogar, e ouvindo nosso grito de "OLé", aldebaran, milton e bruno nem apareceram para oferecer seus comentários sobre o clássico do QUATRILHO. Milton, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pra ti. saudacoes rubras e 1, 2, 3 e 4...

Luiz Portinho disse...

tchê, depois eu sou o contraditório, o Aldebaran faz todo aquele discurso, contra tudo e todos dentro do gremio, e depois vem falar em conquistar 12 pontos em 15... mas cadê tua coerência aldebaran ?

DJ Aldebaran disse...

Como eu houvera dito, eu comecei a escrever a coluna logo após o término do jogo, enquanto assistia ao debate dos candidatos a prefeitura.

Não sei, agora de cabeça mais fria, se o título seria realmente manchado. Afinal sempre ganhamos os GREnais quando fomos campeões em 81 e 96. E não lembro de um campeão goleado no clássico local. Tá certo que alguns sustos ocorrem no meio do caminho. Mas eu sinceramente ainda estou envergonhado com a atitude do meu time, e confesso, desanimado.

DJ Aldebaran disse...

Eu falei que SE o GREMIO quiser se manter como aspirante ao título, tem que conquistar os 12 pontos em 15. Coloquei na condicional.

Milton disse...

Porto, pelo visto meus comentarios te provocaram e chamaram tua atencao, heim? hehehehehe! Tu andas muito engracadinho ultimamente, a melhora do teu time certamente tem algo a ver com isso, neh? Mes passado por outro lado...

Luiz Portinho disse...

Milton, todos os comentários chamam a atenção e são sempre bem vindos. Esse é um espaço democrático e de convivência salutar entre pijamas e morangos (como vcs. dizem); esse é o espírito e a razão de ser do blogreNAL.

cabeça erguida Aldeba. vcs. já chegaram longe demais até. o negócio é seguir na peleia contra a turma do Eixo que tá no páreo.

saudações rubras.

DJ Aldebaran disse...

Já antecipando um pouco da coluna da semana que vem: acho que a solução pras confusões com torcida não é a torcida única. E sim justamente o contrário. Vamos TRAZER o torcedor bom pro estádio, que estes afastarão os MAUS torcedores, que fazem estas balbúrdias. Torcida única é assinar o atestado de falta de civilidade por parte do torcedor gaúcho como um todo.

Milton disse...

Porto, meu comentario foi justamente isso que tu explicastes. Continuamos entendidos entao! Todo merito pro vosso time, comentei isso ainda no post passado. Nao tava esperando, sinceramente, um papelao tao grande pq desta vez era o Gremio quem entraria mordido pro grenal, ao contrario do jogo do primeiro turno.
Eu sei que o Gremio tem plenas condicoes de sair campeao ainda. Nao se desaprende a jogar futebol de um momento pro outro, e quem sabe com as derrotas recentes a mudanca de foco do Gremio pro Palmeiras seja beneficial. Se for pra voltar a lideranca nesse fim de semana que seja jogando mal e com alguma alfinetada do Diego Souza estampada nas capas do jornal.