terça-feira, fevereiro 06, 2007

TERÇA FEIRA, 6 de fevereiro de 2007

ANO I - NÚMERO 4


TIREM AS CRIANÇAS DA SALA

Chegou a hora de tirar as crianças da sala; decisão é para gente grande. Pois bem, no próximo final de semana, o Internacional entra em campo oficialmente com sua equipe titular. Clemer, Élder Granja, Índio, Rafael Santos e Hidalgo; Edinho, Wellington Monteiro, Adriano Gabiru e Alex; Iarley e Cristian. Os campeões do mundo vão correr atrás do prejuízo.

INTER B

Não foi bom o desempenho do plantel B do Colorado. Afora a vitória heróica e guerreira contra o Glória de Vacaria na última quinta-feira (com dois golaços de Martin e Abu, que valeram o ingresso); uma série de quatro maus resultados que culminou com a derrota de 2x1 para o Juventude. Jogando sob pressão, muitos bons valores do grupo sucumbiram. Até Renan, sabidamente bom goleiro, falhou em alguns lances. De toda forma, penso que há boas promessas naquele grupo. Diogo, Titi, Ji Paraná e Abu jogariam bem com melhores companhias; Martin me lembrou Rafael Sobis no início de carreira, atarracado e com chute potente.

CRISTIAN

É inevitável comentar a contratação de Cristian. Antigo ídolo do torcedor Colorado, perdeu-se em declarações e atitudes, inclusive jogando lá pelas bandas da azenha. Formou um nada invejável currículo de atitudes anti-éticas, reforçado por mais esta de largar o Corinthians no início do contrato. Particularmente, não gostaria de ver Cristian de volta ao Beira-Rio. Acho que a diretoria acertou em cheio ao contratar um centroavante de ofício, mas errou no nome escolhido. Terá de anotar muito gol para serenar as desavenças que construiu por aqui.

CRISTIAN II

Mas há um fato muito positivo na contratação de Cristian, que passou despercebido nos noticiários e comentários que li e ouvi. A diretoria trabalhou em silêncio e surpreendeu a todos. Para aqueles que diziam que não traríamos reforços, foi só a primeira resposta. Sigo aguardando o zagueiro e um meia armador. Torço para que a diretoria siga trabalhando desta forma, quieta e sem alardes.

GARIMPAGEM

A notícia que ouço dá conta que contratamos 5 ou 6 jogadores que tiveram ótima participação na última Taça São Paulo de futebol juniores. Fala-se que o destaque é Felipe, atacante proveniente do Goiás, que anotou 4 golos em 5 partidas na competição. Elogiável, é investindo na base, como temos feito, que perpetuaremos nossa tradição de Clube Vencedor.
CIDREIRÃO

A essas alturas já temos uma amostra mais do que razoável. E a constatação não poderia ser outra: resultou em solene fracasso promover jogos do Gauchão no litoral. Péssimas condições de trabalho para a imprensa, vestiários sem estrutura, ingressos caros, tumulto nas estradas no regresso. Não há sequer um motivo que justifique os jogos no litoral. Aliás, já tínhamos os precedentes de épocas passadas (1995 e 1996), quando tais jogos não tiveram boa fluência de público. Quem está no litoral quer tomar banho de mar e não ver futebol, isso é óbvio!

RÁPIDAS

Já que abordamos os jogos de futebol no litoral, alguém poderia dar um justo motivo para termos pedágios girando em torno de R$ 10 na RS-40 e R$ 15 na Freeway ? As catracas do pedágio me soam mais agressivas que um pedinte esfomeado ou um delinqüente em estado de necessidade.

Notícia de fechamento de coluna. Contratamos Jean. Indicação de Abel Braga, é meio atacante, tem 26 anos e disputou o último Nacional pela Ponte Preta. Sinceramente, não me recordo.
Clayton "Zarolho" é capitão do Flamengo e estrela do Globo Esporte. Bah!, o Rio de Janeiro já teve mais glamour!!!

Perdigão no Boca Jrs. foi a grande piada que ouvi neste verão.

Mais engraçada até do que a coluna do vizinho da semana passada. O que é que deram para o rapazote beber antes de escrever hein ?

Foi muito engraçado ler o vizinho falar em "lanterna". Com certeza lhe bateu saudade dos tempos de SEGUNDA DIVISÃO.

Ou então o vizinho faltou com a verdade para conosco. Havia antecipado suas férias e quem escreveu aquilo foi um de seus tantos suplentes. Sim, porque quem conhece o Sr. "Pablo" Sanchotene sabe que aquele não é seu estilo.

Aliás, quem é antigo leitor do CLASSICOS do MUNDOESPORTIVO sabe que o vizinho já foi um dos tantos suplentes de colunista azul. E aqui do lado vermelho só sai tiro de uma garrucha, seguimos mandando bala neles tudo!

Saudações rubras e uma ótima semana a todos COLORADOS.
Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br

2 comentários:

Paulo Roberto disse...

Fui eu, sim, Porto. Quem mais? Aproveitei o momento. Se o texto não parecia o meu estilo, o que dizer do futebol de vocês?

josue disse...

a pijamada anda esquecida(o que não é novidade) mas cumprindo meu dever vou lembrar:o único time da capital que esteve para ser rebaixado para a segundona gaucha(sugestão :um dvd com a batalha dos altos da glória) foi o gremio que se salvou com um gol do almir formiga(que depois jogou no inter)