terça-feira, julho 08, 2008

Ano II, Número 77


FUTEBOL É SIMPLES!

Como é bom ver uma equipe atuando com mecânica de jogo. E nem falo da mecânica ideal, porque ainda nos falta melhores opções ofensivas, como triangulações laterais, por exemplo. Mas, do ponto de vista defensivo, finalmente vejo laterais de ofício atuando em zonas restritas (sem aquele absurdo ofensivo do famigerado 3-5-2 a brasileira). O limitado R. Lopes se transforma numa peça importante quando escalado dentro de um sistema de jogo racional; o mesmo se pode dizer de Marcão, quando atua dentro de suas limitações (notaram que não levamos mais gols em falhas bisonhas de Marcão ?). Índio e Sorondo há 180 minutos não sabem o que é perigo dentro de nossa área – em boa parte, é claro, pela estrutura lógica da meia cancha. O futebol é mais simples do que parece; o problema são os professores pardais que andam por aí.

CALMA, MUITA CALMA!

Primeiro, deixem o Taison jogar mais. Calma, muita calma! Elogios demais as vezes atrapalham. O guri tem potencial, claro, mas é preciso acabar com essa mania da imprensa e querer transformar promessa em craque em uma semana. Do ponto de vista tático, penso que ainda precisamos de um ajuste fundamental. Substituir um volante por um meia ofensivo. Isso ficou escancarado contra o Coritiba, quando Maycon foi uma peça totalmente supérflua (Magrão ao menos aparece com qualidade na frente). O meu time, do meio para frente, teria Edinho, Guiñazu (Magrão), Taison, Alex, Adriano e Nilmar.

EFEITO CARVALHO I

Tenho saudado, semanalmente, o retorno de F. Carvalho aos bastidores do INTERNACIONAL. Em entrevista para o JORNAL DO INTER, distribuído nos dias de jogos no Gigante, Carvalho afirma que o grupo atual passa por mutação e que precisa de convivência, vestiário fechado e amizade para engrenar e começar a buscar resultados. Domingo, nos três gols marcados, vi o time inteiro se reunindo no meio de campo para comemorar junto.

EFEITO CARVALHO II

O time do INTER, aliás, já está com a cara de F. Carvalho. Não tenho dúvidas de que o sistema 4-4-2, a escalação de jogadores em suas posições de ofício, a utilização de jovens prata da casa e essa união do grupo são efeitos diretos da volta de Carvalho ao Beira-Rio

OLÍMPICA I

Dunga acertou na convocação dos 17 atletas para Pequim. Com Dunga, Renan, Pato e Sóbis, o INTERNACIONAL estará muito bem representado lá na China. Uma pena que o lobby Ronaldo-inho foi forte e, com ele, teremos um atleta a menos no grupo. Desde que perdeu para o INTERNACIONAL lá em Yokohama, em dezembro de 2006, o filho da Dona Miguelina nunca mais se encontrou

OLÍMPICA II

Aqui na aldeia, era tida como certa a convocação de Leo, zagueiro mediano lá da azenha. Pois ele ficou fora da lista. Prova de que com apenas 40% do RS e a imprensa azul de Porto Alegre não se vai à Pequim. Em tempo: não há nada melhor por aí do que Alex Silva, Breno e Thiago Silva para a posição.



POIS É VIZINHO I

Eu te avisei vizinho, esse Roger não passa de um ‘dublê de playboy metido a besta’. Pois na coluna n. 75, justo na semana gNAL, empermeada pelo teu DNA Arrogante, disseste, textualmente, que “Roger vem sendo o principal jogador em atividade no RS, não tem pra ninguém. E pensar que o vizinho já o chamou de “dublê de playboy metido a besta”. Só mesmo o DNA Arrogante, mas tão arrogante que cega, para te fazer proferir uma barbaridade deste magnitude. Humildade e canja de galinha nunca fizeram mal a ninguém, meu caro vizinho.

POIS É VIZINHO II

Mas o teu DNA Arrogante (o mesmo que levou o teu símbolo R. Portaluppi à ruína, diga-se de passagem) não te deixa enxergar o óbvio, o que todo Brasil já enxergou e percebeu, há longa data (foi até matéria do Jornal Nacional). Alex é o melhor jogador em atividade não só no RS, mas do futebol brasileiro. A atuação de domingo, com três gols (o terceiro uma pintura, num tirambaço certeiro da intermediária!); pois essa atuação foi apenas a coroação da fase monumental pela qual passa Alex. Olha aqui ô, esse tal de Roger não amarra as chuteiras do Alex.


RÁPIDAS

Quem leu a coluna na semana passada constatou: nem o lado azul discordou que o INTERNACIONAL foi superior no clássico. Foi um legítimo BAILE VERMELHO!

Nosso próximo adversário é um time perigoso. Ainda mais pela presença de Iarley na equipe. Respeitar o inimigo, sempre, é o primeiro passo para a vitória.

Bolivar, o General, está de volta aos pagos. Grande contratação!

Perdemos de 2x0 para o Cruzeiro da Zona Norte na primeira peleia da final do Gauchão Juniores. Sábado tem a decisão no Beira-Rio. Precisamos fazer 3 gols de diferença.

O episódio Roger é apenas a confirmação de que, na Era Lei Pelé, o time do vizinho se transformou em clube de aluguel. Assim foi com Luisão, antes da Copa 2002, e, mais recentemente, com Amoroso. Quem será o próximo vizinho ?

Aliás, pobre do vizinho. O rapaz disse que ia torcer para Felipão, M. Menezes e R. Portaluppi. Todos foram derrotados! Mas é muito sofrimento para este rapaz, que loucura tchê!

E olha que o coelho já começou a perder fôlego hein!

Saudações rubras, do MULTICAMPEÃO MUNDIAL, INTEGRANTE DO G6 e DETENTOR DA TRÍPLICE COROA MUNDIAL e DONO DA ALDEIA (38*).
Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br


DESORGANIZAÇÃO

A derrota, acompanhada de uma péssima atuação, frente ao Botafogo pode começar a ser explicada analisando a escalação do time que iniciou o jogo: Victor; Jean, Thiego e Réver; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, William Magrão, Rudnei e Helder; Rodrigo Mendes e Perea. Sem três titulares, isto sem contar Roger, que deixou o GRÊMIO sexta passada, o técnico Celso Roth mandou a campo um time com três zagueiros, três volantes e nenhum articulador. Tentou-se que Rodrigo Mendes fizesse as vezes do camisa 10 da equipe, mas não deu certo.

Sabia-se que o jogo contra o time de General Severiano, apesar de sua posição desfavorável na tabela de classificação, e o futebol apresentado pelo time carioca justificava esta realidade. O que fica inadmissível é perder um jogo com um futebol de qualidade paupérrima como o apresentado. E fica impossível não responsabilizar diretamente o técnico Celso Roth pela má exibição.


DESORGANIZAÇÃO II

Além de tudo, a saída de Roger escancarou um problema no GRÊMIO: a falta de uma peça de reposição adequada para este jogador. E isto passa pela responsabilidade da direção, e não do técnico. Julio dos Santos, único que poderia exercer a função, foi dispensado. Maylson e outros menos favorecidos são insuficientes para vestir o Manto Sagrado Tricolor. Quem acompanha este espaço com regularidade sabe que este problema já havia sido apontado por este que vos escreve.

Agora, que seja decretada a corrida para substituir Roger. E o que fica agora? A sensação de que julho será um longo mês para os gremistas. Resultado de uma regra indecente que impede a chegada de novos atletas fora da tal janela de transferências de agosto. E que, no entanto, não impede a saída de jogadores fora deste período.

Semana passada, pelo calor da discussão pós-clássico GRE-nal, não cheguei a comentar sobre os jogos que vinham pela frente. Mais uma parada duríssima fora de casa, contra o Santos no meio de semana, e um jogo um pouco mais tranqüilo contra a Portuguesa de Desportos no domingo, desta vez em casa.


CAVALO PARAGUAIO

Desde o início do campeonato havia o temor de que o bom começo fosse ilusório. Mesmo com os bons resultados, a qualidade das atuações dava toda a razão para quem insistisse em desconfiar de Celso Roth e seus comandados, principalmente por quem conhece o histórico do atual treinador gremista. Começa muito bem o campeonato, e lá pela décima rodada, o time começa a desandar até se tornar insustentável a manutenção do treinador. E isto que faz justificar a fama de “cavalo paraguaio” de Celso Roth.

Estaria começando a se esgotar o prazo de validade de Roth?


ROGER

Causou surpresa a todos a saída de Roger do GRÊMIO. Uma proposta do Catar tirou o camisa 10 do Estádio Olímpico. Proposta esta que foi feita diretamente ao jogador, sem anuência nem do Corinthians, detentor de seus direitos federativos, muito menos do GRÊMIO, seu empregador atual. Roger simplesmente pegou suas malas e embarcou para buscar seus petrodólares.

Ontem, Roger esteve no Rio de Janeiro, onde se encontrava a delegação gremista, e conversou com alguns jogadores, tentando explicar o inexplicável. Evitou-se o encontro com o presidente Odone, que com razão declara que este cidadão fechou suas portas no GRÊMIO. Saiu fugido, pela janela, e desta forma não tem mais espaço aqui. Teve o tratamento que merece no momento em que lhe foi negada a utilização da sala de conferências do Olímpico para a sua entrevista de despedida. O fez no pátio do Olímpico. Aliás, deveria ter sido negado a ele até mesmo o pátio.

Aqui no sul, as coisas são diferentes da grande maioria do resto do país. Por aqui, preza-se muito o fio do bigode, e o estilo de futebol aqui é muito mais aguerrido do que o praticado do Mampituba pra cima. Roger parecia estar se adaptando ao estilo sulista de jogar, e vinha conquistando a torcida. Mas deu a clara impressão de que não agüentou o tirão. Descumpriu o contrato, desonrou a palavra, e agora ele que vá repousar de havaianas em outra freguesia.

Ainda tenho a esperança de que vai chegar o dia que os principais clubes do Brasil irão se unir e fechar as portas para jogadores que não cumprem contrato. Seria ótimo. Fez para um, fez para todos. Assim, os jogadores pensariam duas vezes antes de tomar atitudes como esta do ex-camisa 10 do GRÊMIO.


RAPIDINHAS

O Sindicato dos Atletas entrou com uma liminar para liberar o meia Tcheco para atuar. Caso concedida, o atleta pode ter condição de jogo para domingo contra a Portuguesa de Desportos.


O meia Souza, ex-São Paulo e atualmente no PSG, é esperado em Porto Alegre até esta sexta. O jogador acertou nesta terça-feira sua vinda para o GRÊMIO.


Divulgadas as datas dos clássicos contra o nosso tradicional adversário pela Sul-Americana. O primeiro jogo será dia 13/08, às 21h45min, no estádio deles. A partida de volta será numa quinta-feira, 28/08, às 19h20min no Olímpico Monumental.


O vice de planejamento do GRÊMIO, Eduardo K. Antonini, divulgou nesta terça alguns números da futura arena gremista. O custo da obra será de R$ 270 milhões, para uma área de 28.000 m², contando com o estádio, o centro de convenções, o hotel, entre outos empreendimentos. O faturamento estimado, só do estádio, é de R$ 60 milhões por ano. A matéria completa sairá na ZH de domingo.


Saudações imortais do 1º colocado no ranking oficial da CBF,

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração

44 comentários:

DJ Aldebaran disse...

Em virtude de uma prova na faculdade, quem vai atrasar a coluna desta vez vai ser eu.

Bruno disse...

Taison é um bom jogador, mas é um garoto, precisa ter calma com ele. Rafael Carioca também joga muito, mas fez uma partida bizarra (assim como todos) contra o Botafogo. Sobre a zaga, nada a questionar sobre Thiago Silva (o melhor da posição, junto com Miranda) e Alex Silva. Mas eu acho o Léo mais zagueiro do que o Breno. O jogador surgiu quando o esquema do Muricy, no São Paulo, já tinha Hernanes, Richarlysson, Miranda e Alex Silva, que davam suporte ao novo jogador. Quando o São Paulo jogou com time misto ou no amistoso da Seleção Olímpica contra os “Craques” do Brasileirão, Breno foi mal, e o time perdeu por 3x0. Aí, corrija-me se estiver errado, mas o pouco que eu vi a Bundesliga, Breno era reserva no Bayern Munich, enquanto o Léo jogava como titular e até mesmo como capitão. Breno é um bom zagueiro, sua convocação não é anormal, mas acho Léo melhor.

Bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno disse...

No entanto, a não convocação do Léo é melhor para o Grêmio, pois contará com o jogador por mais tempo. Mudando o foco. Enquanto Roger jogava, era o melhor jogador do RGS. Ele é craque, tem capacidade de cadenciar e distribuir as jogadas, como poucos camisas 10 que ainda restam no futebol sul-americano. Agora que se foi, Alex passa a ter esse título (não que eu tenha a esperança que você concordará). Sobre a sua saída, ele apenas fez o que qualquer um faria: aceitou uma proposta de US$ 5 milhões. O Grêmio segue com sua vida e ele com a dele. Sobre o Mano Menezes e R. Portaluppi, eles bobearam mesmo. Agora, vai zoar o Felipão, técnico campeão do mundo em 2002? Está de brincadeira, Porto. Manda o Dunga treinar aquela seleção de Portugal. Muitos pensam que só pelo fato de ter C. Ronaldo, é uma seleção fora de série, e não é. Felipão levou essa seleção para o quarto lugar na Copa de 2006, com Pauleta no ataque e ainda foi vice-campeão da Eurocopa.

San Tell d'Euskadi disse...

Hoje, no Estado, o melhor é o Vitor. Ele falhou no 2. gol do Botafogo, mas, sinceramente, alguém lembra de outra?! Não é o melhor goleiro que passou pelo Grêmio desde o Danrlei. Ele é mais arqueiro que esse...

Bruno disse...

Concordo. É que falamos que o Victor "é o melhor goleiro desde Danrlei", porque este foi um ídolo de vários anos. Mas o Victor é mais goleiro do que o Danrlei foi, concordo plenamente.

jo disse...

bruno:o alex é campeão gaucho e melhor jogador do campeonato ;roger quinto lugar.O alex só perdeu pro casmpeão da copa do brasil;o roger pro atletico goianense na segunda fase!Quantos gols um tem e de bola rolando contra o outro que só faz gol de penalti!Bah! tche! tu é cego e fanático...

jo disse...

ah!felipão é bom treinador mas não é tudo isto que dizem!perder 2 vezes pra grécia em casa é fiasco sim senhor!tanto que ela nem foi pra copa 2006,certo?

Luiz Portinho disse...

1. tu tens alguma dúvida da "cegueira futebolística" deles Josué =P bah! essa de dizer que o Roger jogou mais que o Alex no primeiro semestre foi demais! o Alex foi goleador e campeão gaucho, tá jogando muita bola; até a paulistada e cariocada se rendeu e escolheu-o melhor jogador em atividade no país (com direito a reportagem no Jornal Nacional). por favor! um mínimo de respeito à realidade!

2. o Felipão é um ótimo treinador sim, mas não ganhou nada com Portugal. só estou registrando um fato. e, mais ainda, outro fato, o aldebaran registrou sua torcida para o trio perdedor Mano-Padeiro-Scolari. só isso! são fatos!

3. agora, essa do sancho de transformar seu inexpressivo goleiro em maior nome do futebol gaúcho é mais forte aínda que a do Roger. tenham a santa paciência!

Bruno disse...

Desculpe Jo, mas a sua lógica é totalmente furada. Então Alex é melhor do que o Roger, por que o Inter foi campeão gaúcho? Então Zico, Puskas, Falcão, Platini jogaram menos do que Vampeta e Edilson & Cia, por que esses ganhoram a Copa? Claro que a comparação é desproporcional, Alex é um grande jogador, mas enquanto esteve aqui, Roger jogou mais, mantendo, inclusive, uma boa regularidade, a maior parte dos gols (com bola rolando) do Grêmio, teve participação do Roger. E não sou cego, quando preciso criticar alguma postura do próprio Grêmio, pode apostar, farei, pois ser crítico é um dos pilares para crescer. Não acho que você faça o mesmo pelo Internacional, não é, Jo. ;-)

Bruno disse...

Porto, Portugal não é tão forte, a ponto de forçar o Felipão a ganhar alguma coisa, pois não é uma seleção com tamanho poder, como alguns imaginam. Com Chelsea, as coisas mudam, Felipão terá à sua disposição recursos financeiros para contratar grandes jogadores, e em grande parte, serão de sua escolha (como Deco). Aí sim, poderemos julgar mais incisivamente o Felipão. Ao contrário do Mano e Renato, que de fato, perderam por suas falhas mesmo. Sobre o Victor, vão me chamar de cego mais uma vez, mas ele é melhor do que o Renan. Se ele ainda é inexpressivo aos títulos, calma, ele é jovem, agora sim está numa equipe grande. Mas em atuações, Victor dá mais segurança para a zaga do que vários goleiros por aí e se jogasse no RJ-SP, já haveria gente da imprensa pedido a sua passagem para seleção. Saudações.

San Tell d'Euskadi disse...

Acusam-nos de "cegueira", mas são incapazes de reconhecer a competência do Vitor apenas e tão somente por esse ser jogador do Grêmio!

Por fim, gostaria de ressaltar que o time do Mancini está em 2. lugar...

DJ Aldebaran disse...

Sancho, este é o DNA INCOERENTE já detectado aqui neste espaço. Se exaltamos nossos jogadores, somos arrogantes. Mas eles podem fazer isto a vontade sem sê-lo.

Victor é o melhor goleiro do Brasil, só não vê isto quem não quer.

E eu iria rir muito se o Vitória acabasse este campeonato na frente do GRÊMIO.

Bruno disse...

Seria uma lição para não ser esquecida, pois a diretoria (com Pelaipe e Odone)fez uma sacanagem com ele, na qual eu fiquei constrangido. Mancini é gente boa, merece sim uma boa campanha e é um técnico promissor.

jo disse...

bruno :alex mais assistencias e gols que o roger e todo o ataque do gremio junto!

jo disse...

nãp responderam se perder 2 vezes para a grecia em casa com estádio lotado é vexame ou não!

Luiz Portinho disse...

1. Bruno, eu acho que o Felipão não precisa provar mais nada a ninguém... mas, repito o que já disse, só registrei um fato; ele, assim como Mano e a bichaluppe, perderam. só isso!

2. o Roger jogou bem para o nível de exigência baixíssimo do portoalegrense atual (aonde quem tem um olho já vira rei)... tanto é assim que o gremio foi eliminado para Juventude e Atle-GO, representantes da 2a e 3a divisão. já o Alex, repito, foi considerado não por mim e pelo Josué, mas pela imprensa do EIXO (com reportagem no Jornal Nacional), o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro.

3. comparar o Renan com o Vitor é heresia.

4. o Aldebaran inventou o tal de DNA incoerente, mas não sabe o significado da palavra. lamentável!

Bruno disse...

Jo, apresente números, já que fala com tanta convicção. Roger é craque e não tem culpa pelas eliminações no Gauchão e Copa do Brasil. Mas esse assunto já virou perda de tempo, ninguém vai convencer ninguém, cada um tem a sua opinião bem formada. Sobre perder para Grécia em casa com estádio lotado... Se fosse uma Alemanha, Itália, Espanha, Inglaterra, tudo bem, podemos falar em vexame. Portugal não. Portugal não tem tradição das grandes seleções (apenas teve um brilho na Era Eusébio), não é recheado de craques, portanto, há sim uma certa decepção por Portugal não ter ganhado a Eurocopa de 2004, mas não se pode chamar isso de vexame. Agora, quando o Felipão estava no comando de uma seleção de ponta, como o Brasil, “somente” ganhou uma Copa. Isso sem falar em seus títulos em clubes, o que não é necessário citar. Saudações. =D

Bruno disse...

Porto, claro que o Felipão perdeu, claro, mas dizer que isso foi vexame, como o Jo disse, aí são outros quinhentos. Sobre o Roger, volto a dizer, ele não tem culpa direta pelas eliminações no Gauchão e na Copa do Brasil, como o Celso Roth (com as suas saladas táticas) e a diretoria tiveram. Portanto, julgar Alex melhor do que o Roger somente porque este ganhou o Gauchão, parece-me uma lógica defasada. E sobre a opinião da imprensa, eu respeito e não a acho anormal, pois o Alex, como disse antes, é um grande jogador, mas já vi tanto profissional de imprensa esportiva falar tanta merda (desculpa a expressão), que não se pode achar a opinião da imprensa, algo unânime. A respeito do Victor, ele é muito melhor do que o Renan, pelo que vem apresentando até então. Volto a dizer, se ele jogasse no RJ-SP, haveria campanha “Victor na Seleção”. Saudações.

jo disse...

felipão ganhou a copa graças ao maior ataque que tivemos desde 1970- os 2 ronaldos em forma e o fora de série rivaldo!fez o que sabia -organizar nossa defesa e contou com juizinho amigo no jogo com a bélgica!julgamos o alex melhor porque fez ,não garganteou,mais e muito mais que o roger no campeonato gaúcho,isto que dizer mais gols de bola rolando e assistencias>aliás o goleador do campeonato deve ter sido roger...Não alucina ,bruno!

jo disse...

aliás o bruno como todo gremista,não entende do riscado!PORTUGAL FOI CAMPEÃ EUROPEIA COM EUSÉBIO(JA OUVISTE FALAR?) E CAMPEÃ COM O PORTO E O BENFICA VÁRIAS VEZES!ENTÃO TUA TESE GREMISTA PRA JUSTIFICAR FIASCO DO FELIPÃO DE QUE PORTUGAL NÃO TEM TRADIÇÃO ,SE COMPARADO A GRÉCIA, É RIDÍCULA...

Bruno disse...

Jo, primeiro, tenha calma. Com letras maiúsculas, parece que você está gritando, nervoso e etc. Eu hein. Vamos lá.

1- Jo, os dois Ronaldos e o Rivaldo jogaram muito em 2002? Tem razão, mas tirar o mérito do Felipão nisso, cara, não é um pensamento digno de uma pessoa que é capaz de julgar que outra pessoa entende nada de futebol. Será que é preciso lembrar que o Ronaldo estava saído de uma fase de contusão, quando havia várias pessoas que davam como certa o fim de sua carreira? Quem bancou Ronaldo? Rivaldo jogou muita bola. Sim, mas quem o motivou, fazendo se sentir importante para o grupo? Vale lembrar, que depois da Copa, Rivaldo não foi mais o mesmo. Cometer falhas, o Felipão comete, mas tirar o brilho de sua participação na conquista do Penta, na boa, é de quem não entende nada de futebol. Parreira em 2006, tinha uma seleção, que no papel era melhor do que a de 2002, e não deu nada.
2- “PORTUGAL FOI CAMPEÃ EUROPEIA COM EUSÉBIO(JA OUVISTE FALAR?” - Jo, foi mal aí, mas vai querer bancar uma de sabe tudo, depois do que escreveu. Não sou arrogante aqui para me julgar mais sábio no futebol do que outro, então, a sua arrogância não se justifica (e depois somos nós). E o pior de tudo, é que além de arrogante, está completamente errando. Jo, quando Portugal foi campeã Européia? Está maluco? Vou até lhe passar a lista dos campeões europeus: 1960- URSS, 1964- Espanha, 1968- Itália, 1972 – Alemanha, 1976 – Rep. Tcheca, 1980 – Alemanha, 1984 – França, 1988 – Holanda, 1992 – Dinamarca, 1996- Alemanha, 2000 – França, 2004- Grécia, 2008 – Espanha. Diga-me, Jo, onde se encaixa Portugal aí? Outra pergunta. Já ouviu falar em Eurocopa?
3- “CAMPEÃ COM O PORTO E O BENFICA VÁRIAS VEZES!”- Tese fraca. Nem sempre, a força dos clubes significam que tal força se encontra na seleção. Se fosse assim, será que a Espanha não teria uma Copa do Mundo, já que Real Madrid e Barcelona são clubes de grandes conquistas?

Bruno disse...

Outra coisa. Eu disse que Portugal ter perdido para Grécia na Euro 2004, foi uma decepção. Mas discordo do termo “vexame”, pois Portugal não é a elite das seleções mundiais. Nunca ganhou uma Eurocopa e apenas teve quatro participações em Copas. Sobre Alex x Roger, cada um tem a sua opinião, respeito a sua. Uma pena que você não faça o mesmo. Saudações Jo, e relaxa, isso é apenas um debate de futebol. ;-)

Bruno disse...

Agora que eu vi. Cometi alguns erros de concordância nos dois comentários comentários anteriores. Foi mal, é que fiz na pressa e nem verifiquei se tinha falha. Fui!

jo disse...

leia o que escrevi sobre o felipão(sabe organizar defesa e por isto,foi campeão).Seus times são motivados mas não sabem criar como os de tele e enio andrade por exemplo que praticavam um futebol muito mais vistoso que o dele.Um cara que admira o pinochet não pode ser muito criativo mesmo.portugal é muito melhor que a grécia ontem,hoje e sempre perder duas vezes em casa com estadio lotado é vexame sim senhor!se fosse pra italia ,alemanha,frança ou espanha tudo normal!rivaldo é o maior goleador da história do barcelona em competições européias tua opinião é a da mídia do centro do país que nunca gostou deste enfaixado e mumificado mito do futebol mundial(fazem o mesmo com o alex que em 2006 faria muito mais que o dentuço gaucho e,por isso, não foi convocado).a discussão era sobre tradição e não sobre ser campeão ou não e nisso sim é válida minha colocação da imensa superioridade de portugal sobre a grécia.Ah! o roger é tão bom que o corintians tá na série b e não quer ele no time...

jo disse...

sobre relaxar: pede isso pro pijamas que agrediram o único presidente campeáo mundial deste estado ou pro caras que queimaram os banheiros quimicos e deram tiros no beira rio!

Bruno disse...

Jo começando pelo final. Primeiro, não generalize, cara. A sua última colocação foi totalmente infeliz. Como também, ALGUNS INTEGRANTES (isso é importante para não generalizar) também não são santos. Isso não deve envolver paixão por clube, e sim questão de justiça. Os caras que agrediram o Fernando Carvalho merecem punição (se é que já não levaram), os caras que queimaram os banheiros químicos merecem punição e os caras que deram tiros igualmente. Isso não é mais futebol e nem GREnal, isso é questão de justiça. Assim como quero a punição aos assassinos dos dois jovens colorados, assim como o jovem gremista, Tadeu, em 2004, foi morto por delinqüentes que usam o nome do time para cometer atrocidades. Se a sua justificativa de estressar comigo, com Sancho, com Aldebaran for essa, então, faça um tratamento. Isso já é um preconceito, pois você discrimina a maior torcida do Sul do Brasil, por conta da atitude de alguns e o preconceito é a maior das ignorâncias. Então, a sua última frase foi lamentável.

Bruno disse...

Sobre o Felipão, concordo que os seus times ganham mais na base da motivação do que na base da técnica. Mas isso em mata-mata é essencial. Se a diferença técnica entre dois times não for tão grande, então a motivação do time menos técnico pode superar. Assim foi Grêmio e Santos na Libertadores 2007. E por isso que o Luxemburgo não ganha uma Libertadores, ele sabe extrair o melhor da parte técnica dos jogadores, mas não a motivação deles. Se Portugal, mesmo jogando em casa, não tivesse Felipão, duvido que chegaria na final. Sobre os gostos do Felipão por Pinochet e etc, isso não me importa nem um pouco, cada um com a sua vida particular. E continuo com a mesma opinião. Se fosse Alemanha, Itália, Inglaterra, França ou Espanha, aí podemos falar em vexame. Mas Portugal, cuja seleção não é tudo. Perder para Grécia é uma decepção, pois Portugal tinha mais time, mas não tinha a ponto de ser o imenso favorito. E outra coisa. Vocês falam da Grécia como se ela tivesse ganhado na sorte. A Grécia se classificou num grupo que tinha Portugal e Espanha, e mandou os espanhóis mais cedo para cara, depois, nas quartas de final, eliminou a França (atual campeã naquele momento, por 1x0), depois eliminou a Rep. Tcheca para em seguida chegar à final. Peraí, não foi um acaso do destino a vitória da Grécia, era uma seleção que estava no auge de sua forma física e técnica no momento certo, e por isso que foi campeão. A gente brinca com o Once-Caldas, até eu, mas tenho a consciência de que o Once Caldas eliminou o Santos, São Paulo e Boca Juniors para ser campeão. Portanto, não se olha apenas para o nome do time, é preciso ver o caminho que ele trilhou para chegar a uma conclusão.

Bruno disse...

Ah sim! “o único presidente campeáo mundial” – Mais respeito com Fábio Koff, o primeiro campeão do mundo no RGS e o maior presidente de todos os tempos no estado (o seu currículo diz tudo). Fernando Carvalho vai ter que comer muito arroz com feijão para chegar aos títulos de Koff. =D

DJ Aldebaran disse...

Bruno, não adianta chamar estes vermelhos à razão. Nem perde teu tempo. Até eles serem campeões mundiais sobre um Barcelona que jogou com salto 15 eles nos reconheciam como campeões mundiais. Depois, não mais. Por quê? Como já disse o Sancho, nós ganhamos a maior competição que existia na época, da mesma forma que eles. Se criarem outra maior, o que eu não acho possível por falta de datas, o título outorgado será o mesmo que nós ganhamos em 1983 e eles em 2006. No site do São Paulo, que ganhou as duas competições, não há distinção. O Site do Milan faz, mas chama a mesma competição que nós ganhamos de Mundial Interclubes, que é o nome correto. Mas igual eles são campeões mundiais, que nem o Corinthians! E que dane-se o reconhecimento da FIFA, que tem o mesmo DNA incoerente que tem nos vermelhos.

Bruno disse...

Fala Aldebaran. Você tem toda razão. Houve também o Jogo das Faixas em 1984, em que os jogadores gremistas colocaram as faixas de campeão estadual nos jogadores colorados, que por sua vez, colocaram as faixas de Campeão do Mundo nos gremistas. Ou seja, o Internacional reconheceu o título do Grêmio com esse gesto. Isso é um fato que os colorados esquecem ou tentam esquecer. Aliás, houve o debate que não adiantava ser Campeão do Mundo, se o adversário foi campeão do Rio Grande do Sul. Nesse jogo da faixa, que ocorreu logo após os títulos dos dois, o Grêmio sapecou por 4x2. Saudações.

jo disse...

o oportunismo não reconhece o obvio:a maior parte das tragédias tem tido endereço certo :o time da azenha.A frustação de virar porteiro de museu já que não ganham nada importante faz anos

jo disse...

lembrando:no último grenal centenas e não meia duzia de gremistas cantavam:maninho feijão vou mijar no teu caixão exatamente no momento que a torcida do inter ao falar o nome dos jogadores incluiu o nome dos torcedores da guarda assassinados.No incendio dos banheiros a direção pijamada dizia não ser nada enquanto milhares de pijamas vaiava e jogava pedras nos bombeiros que lutavam para apagar o incendio(há imagens disto!).Sobre o presidente campeão mundial do mundo todo e não de 2 continentes ,neste último grenal tinha musiquinha chamando-o de pedalado e cantada por milhares imortais portoalegrenses.A queima da bandeira e a destruição do relógio em dias que sequer havia jogo mostra mais uma vez que time pequeno não sabe perder,ou envareta e agride ou vai tapetear pra subir de divisão como flu e o coirmão>tivemos momentos difíceis(claro que nada que se compare aos seus) mas nunca batemos no presidente ou demos tiros no estádio em dia sem jogoou protagonizamos um vexame de repercussão internacional como a queima de banheiros quimicos e o enfrentamento aos bombeiros.quando não tinhamos dinheiro não ficamos mentindo que tinhamos mas corajosamente assumimos e fomos a luta e chegamos nesta condição privilegeada que temos hoje no sul do brasil.são diferenças éticas que fazem com que nosso clube não abane o rabo pro primeiro lavador de dinheiro que acene com parcerias -isl e os falcaportugas- pois 100 anos sem vexame só um no rio grande!

Bruno disse...

Jo, na boa cara, você escreve tanta bobagem, que é duro levar na esportividade. Você é cego e fanático, e depois, tem a cara de pau de nos chamar assim. Sobre virar museu, calma aí, meu chapa. O Inter passa por uma fase melhor, assim como o Grêmio voltará a ter a sua. Mais uma vez, você revela que pouco entende de futebol para depois, se julgar o tal. A História da Dupla GREnal sempre mostrou alternâncias de fases de um e de outro. Estou tranqüilo, pois o Grêmio recuperará a sua hegemonia, assim como o Inter também terá as suas. E vale lembrar que antes da Libertadores e Mundial, vocês que sofriam com esse papo de Museu, só lembrando do título invicto de 1979. Então, tal bobagem levada a sério, somente para fanático e cego como você. “Sobre o presidente campeão mundial do mundo todo e não de 2 continentes” – Mais uma vez revela o seu fanatismo que ultrapassa o bom senso. É como o Aldebaran disse, não vale a pena perder tempo. Mas o engraçado é que você afirmar suas colocações, mas sempre foge dos fatos. Foge do fato de que se o seu time fosse campeão da Copa Intercontinental, se consideraria Campeão do Mundo e no GREnal das faixas, o seu time reconheceu o título de Campeão do Mundo do Grêmio, ao entregar as faixas aos jogadores gremistas. Isso é um fato Jo, que só sua cegueira pode negar. Aí, eu volto a repetir, não seja cara de pau de chamar aos gremistas que participam deste espaço de fanáticos e cegos, uma vez que você se comporta como um. De qualquer jeito, já disse antes, a Copa Intercontinental vale muito mais do que esse Mundial FIFA, pelo seu peso histórico na História do Futebol Mundial. Outra coisa. Se há mais delinqüentes que usam o nome do Grêmio para praticar a violência, talvez seja porque esses marginais não sabem o que é um gesto esportivo de reconhecer os méritos do rival, e partem para atos lamentáveis. Se fosse o contrário, a hipótese de marginais que usam o nome do Inter também praticarem tais atos na mesma freqüência, não seria impossível. O que não dá é usar isso para nos julgar. Isso é coisa de doente, como todo respeito que eu tenho à sua pessoa. Que todos esses vândalos que usam o nome do Grêmio para praticarem atos lastimáveis, sejam punidos, conforme seja a lei, e que acabe com esse espírito de impunidade. Quando há um ato de violência praticado por delinqüentes que se dizem colorado, pode apostar, saberei discernir, muito bem, esses sujeitos dos verdadeiros torcedores colorados. Uma pena que você não faça o mesmo, deixa o seu fanatismo seguir até as últimas conseqüências de um julgamento precipitado. Sobre a ISL, meu caro, até FIFA, a organizadora de seu mundial, foi parceira dela. A questão de usar parcerias no mundo futebolístico é uma atitude correta, não vejo demérito nenhum nisso, desde que seja feito com responsabilidade e cuidado, o que faltou no caso do Grêmio com a ISL, mas que não inviabiliza outras parcerias, desde que essas sejam responsáveis. Sobre os portugueses, ainda é cedo para julgar algo, vamos esperar para ver o que ocorre, não seja precipitado, mais uma vez. E por último. Temos mais de 100 anos de história para sermos os maiores ganhadores de títulos e a maior torcida da Região Sul. Erros ocorreram sim, mas o mais importante é que a nossa torcida continua crescendo, não se deixando abater pelas dificuldades. Apesar da boa fase de seu time, a torcida do Grêmio ainda dá um banho nas pesquisas de torcida, mostrando que não é torcida de boa fase, é uma torcida de eterna paixão ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Algo mais? Desculpe pelo comentário longo. Saudações Tricolores.

jo disse...

bobagem é alguem jogar com o campeão da europa e se dizer campeão mundial!bobagem é negar todas as ocorrencias policiais em número muito maior(e não e´porque tens a maior torcida-no gauchão não vi )da tua torcida e seus filhinhos de conselheiros que praticam racismo dentro do clube contra um conselheiro(pasmem) do próprio clube que denuncia na polícia isto!bobagem é defender empresas com dinheiro sujo financiar projetos do clube!bobagem é fazer do futebol,que é um entreterimento,uma guerra a ponto de ir trapaçear para subir de divisão em 1992 (assunto prá lá de proibido e colocado embaixo do tapete como fez o peninha na história do teu clube)já que vergonhoso não é ser ruim ,foste 2 vezes lanterna do campeonato brasileiro(coisa que meu clube nunca foi em toda a história em campeonatos gauchos ou brasileiros)mas literalmente virar a mesa pra se dar bem(maquiavel adoraria isto).Bobagem é estar cheio de dívidas e prometer o rivaldo como voces fizeram no ano passado ou o sóbis este ano.Bobagem é ver o paulo odone roubando na maior cara dura( o único remunerado na gremio empreendimentos) e ficar quieto(sugiro o buzzato pra sucessor dele).sobre o peso dos títulos é constrangedor comparar o mundial fifa com a toyota ,só um fanático compara o imcomparavel em termos financeiros a premiação é mais de 10 vezes maior porque hoje pela internet bilhões de pessoas souberam que o inter foi campeão mundial em cima do melhor time do mundo e do jogador que foi considerado 2 vezes o melhor (o hamburgo era ...quem mesmo jogava neste time?) bobagem é considerar uma competição oficial com uma que não era e que passou a ser 23 anos depois de realizada.enfim bobagem é comparar o clube do povo com um que foi o último time a aceitar negros 27 anos após seu rival-outra mancha indelével na história gremista e colocada em baixo do tapete ISTO SÃO FATOS E NÃO INTERPRETAÇÕES OU JUIZOS DE VALOR!

Bruno disse...

Continua escrevendo bobagem, essa é a verdade.
1- “bobagem é alguem jogar com o campeão da europa e se dizer campeão mundial!” – Continua fugindo dos fatos, parte para a hipocrisia, Jo. Mas aí, é perder o meu tempo à toa. Não vale a pena fazer com que um cego com convicção enxergue a realidade e o bom senso. Mas o que me deixa tranqüilo é que a História dos Fatos valem muito mais do que a sua mera opinião.
2- “bobagem é negar todas as ocorrencias policiais em número muito maior(e não e´porque tens a maior torcida-no gauchão não vi )da tua torcida e seus filhinhos de conselheiros que praticam racismo dentro do clube contra um conselheiro(pasmem) do próprio clube que denuncia na polícia isto!” – Primeiro, vou desafiá-lo e seja homem de responder, já que é homem para fazer calúnias. Onde foi que eu neguei que neste momento há mais ocorrências envolvendo marginais que usam o nome do Grêmio é maior neste momento? Procure no meu texto, faça isso, para provar, que você sabe, ao menos, interpretar texto. Segundo, o racismo é a maneira mais abominável da ignorância humana. Volto a dizer, se há, que seja punido. Terceiro, é que engraçado é que você pratica a mesma base do racismo, ou seja, julga a MAIOR TORCIDA DO SUL ( mais uma vez, os fatos dizem tudo) por conta da atitude de uma minoria. Sinceramente, não sei se você tem tanta moral para falar de discriminação, quaisquer sejam elas.
3- “bobagem é defender empresas com dinheiro sujo financiar projetos do clube!” – A mesma coisa que eu falei antes, procure no meu texto e veja onde eu defendi a ISL. Pelo contrário, deixei claro que a ISL foi um erro, mas que não inviabiliza outras parcerias. A FIFA, a Deusa dos colorados, também fez parceria com a ISL. Por que não cita isso? Ah já sei! Cita aquilo que lhe convém. Quanta hipocrisia hein, Jo.
4- “Bobagem é estar cheio de dívidas e prometer o rivaldo como voces fizeram no ano passado ou o sóbis este ano.” – Outra vez, falha de interpretação. Ninguém PROMETEU Rivaldo e Rafael Sóbis, o que há é uma sondagem. Mas não há gremista que acredite nisso, a possibilidade é muito pequena. Assim como vocês com caso D’Alessandro, que com Inter sozinho, não dá. Por isso, Fernando Carvalho e Vitório Píffero estão tentando conversar com o Grupo Sonda, para financiar a sua vinda. Mas se ele não vier, você vai escrever “Bobagem é a diretoria colorada prometer D’Alessandro, um jogador que está fora da realidade brasileira?” Vai ser homem para isso?
5- “Bobagem é ver o paulo odone roubando na maior cara dura( o único remunerado na gremio empreendimentos) e ficar quieto(sugiro o buzzato pra sucessor dele)” – Aí você está fazendo uma acusação sem provas. Parte para o senso comum, ou seja, uma opinião sem base. Não que ela seja impossível de ocorrer, mas você não tem base argumentativa para fazer essa afirmação neste momento.
6- “obre o peso dos títulos é constrangedor comparar o mundial fifa com a toyota ,só um fanático compara o imcomparavel em termos financeiros a premiação é mais de 10 vezes maior porque hoje pela internet bilhões de pessoas souberam que o inter foi campeão mundial em cima do melhor time do mundo e do jogador que foi considerado 2 vezes o melhor (o hamburgo era ...quem mesmo jogava neste time?)” – Hahahahahahaha! Só rindo mesmo, Jo. Continua fugindo dos fatos, das perguntas a respeito. E depois me chama de fanático. Hahahahahaha! Muito legal. Comparo e provo. Copa Intercontinental vale muito mais do que o Mundial FIFA. Para começar, vários craques a ganharam: Pelé, Di Stéfano, Spencer (sabe quem é?), Platini, Zico, Renato e outros grandes craques. Não foi um Vampeta, Mineiro, Gabiru. Você parte para oficializações, eu parto para História. Não dá para comparar. A Copa Intercontinental passou 19 anos sem patrocinador forte e nasceu com fim futebolístico. O seu Mundial FIFA nasceu para atender interesses financeiros de uma entidade, muito mais do que interesses esportivos, e não sobrevive nem sequer um ano sem parceria. Lembra que com a falência da ISL, o Mundial FIFA de 2001, que seria na Espanha foi cancelado, e passou até 2005 sem patrocinador, e só superou a Copa Intercontinental, quando trouxe a Toyota para si. Aliás, sabia que o Manchester disputou a tal “Copa Toyota” sem problema algum, mas preferia disputar a Copa da Inglaterra, ao invés de disputar o Mundial FIFA, só indo porque a Federação Inglesa fez pressão? Outra coisa. O Hamburgo era Bicampeão Alemão do futebol campeão Europeu em 1980 e vice campeão do Mundo em 1982. Ganhou da Juventus de Michel Platini. Só isso diz muita coisa. Outra coisa, de novo, Ronaldinho já estava em fase de queda de rendimento, não era mais o mesmo que ganhou os dois prêmios de melhor jogador do mundo. E por que não diz que ainda faltou o Messi no Mundial de vocês? Com todo respeito, se eu quisesse desafiá-lo a provar a sua tese de que não somos campeões do mundo, você estaria ferrado, uma vez que você não tem argumentos, foge das minhas perguntas e foge do fato do seu time ter reconhecido o título do Grêmio em 1984. Continua fugindo assim, para ver que beleza será a sua vida. E depois, o fanático e cego sou eu. =P
7- “bobagem é considerar uma competição oficial com uma que não era e que passou a ser 23 anos depois de realizada.enfim” – Explique essa frase porque eu não a entendi. Ao contrário de você que parte para erros incríveis de interpretação de texto, não vou interpretar essa frase, uma vez que eu não a entendi. =D
8- “bobagem é comparar o clube do povo com um que foi o último time a aceitar negros 27 anos após seu rival-outra mancha indelével na história gremista e colocada em baixo do tapete” – Parabéns por aceitar os negros antes de nós. Sabe qual é a nossa grande diferença. Não nego os méritos do rival, e reconheço que a sua grandeza é responsável pela grandeza do Grêmio, e vice-versa. Agradeço pela existência do Internacional, assim como o colorado com juízo deveria agradecer a grandeza do Grêmio. Mas você não tem essa capacidade de reconhecer os méritos do rival. Uma pena. Mas OS FATOS SÃO QUE O GRÊMIO TEM SEIS TÍTULOS NACIONAIS, TRÊS TÍTULOS CONTINENTAIS E DOIS REGIONAIS, ALÉM SER CAMPEÃO DO MUNDO (sua interpretação pouco me importa) PELA HISTÓRIA DO FUTEBOL E TER A MAIOR TORCIDA DA REGIÃO SUL DO BRASIL. Por isso, o Grêmio é o Maior do Sul. A base de meus argumentos não é a interpretação, e sim, fatos.
9- Ei Jo, com todo respeito, agora eu bancarei o arrogante. Jo, desista. Seus argumentos são fracos e cheios de cegueira, que leva o seu fanatismo até às últimas conseqüências. Eu tento seguir esse o conselho dos meus colegas, para deixar quieto. Mas sou teimoso, e não paro de debater até o momento que o outro lado provar que eu estou errado, aí reconheço tranqüilamente. Só que os seus argumentos fracos estão longe de me calar. =P Até mais hein. E nem estressar, siga a doutrina Marta Suplicy: “Relaxa e goza”. Caso tenha dificuldade, tome Maracujina.

Bruno disse...

Pensando bem. Eu desisto ;-). Desta vez, deixarei a minha teimosia de lado. Não perderei mais o meu tempo. Primeiro, que eu não quero transformar esse blog em campo de guerra de opiniões, isso já está saindo de um debate agradável. Segundo que o debate vale a pena quando você está dialogando de forma racional. Eu tento fazer isso, mas você, Jo, é fanático e cego até o céu (ops, céu é azul, então em outro lugar). Meu Deus! Pensando bem, acho que nem Deus cura isso. Outra coisa, é que eu tenho coisas mais importantes aqui, se eu adiantar essa discussão, perderei mais tempo para nada. Então Jo, pode responder, lavo as minhas mãos. Discutir com fanático não dá, por mais que você argumente, o fanático nunca está errado e sempre enxerga o seu umbigo. Até mais hein. E siga o meu conselho. Tome Maracujina, não se estressa não, velho. =P

jo disse...

GANHAR 2 PARTIDAS ELIMINATÓRIAS VALEM MAIS QUE 2 QUE VALEM 1(180 MINUTOS) JÁ QUE NÃO TENS CHANCE DE RECUPERAÇÃO SE FOSTES MAL NOS 90 INICIAIS.OBVIAMENTE 2 PARTIDAS VALEM MAIS QUE UMA (90 MAIS 90 NÃO É A MESMA COISA QUE 90 MINUTOS E -OU-120 MINUTOS COM A PRORROGAÇÃO.GANHAR NOS PENALTIS NÃO É A MESMA COISA QUE GANHAR NOS 90 OU 120.6 CONTINENTES NÃO SÃO 2 E PARTICIPAR DE 2 ELIMINATÓRIAS DÁ A POSSIBILIDADE DE 12,5 POR CENTO DE SER CAMPEÃO.UMA PARTIDA ,OBVIAMENTE DÁ 50 POR CENTO DE CHANCE.VEJAMOS; OS TIMES A,B,C,D DISPUTAM O MUNDIAL.EXISTEM ENTÃO ESTAS POSSIBILIDADES:AXD E BXC TERÍAMOS NA FINAL:AXB OU DXB OU AXC OU DXC ENTÃO PARA ESTAS 4 POSSIBILIDADES NÓS TEREMOS NA FINAL 50 POR CENTO DE CHANCE PARA CADA TIME.USANDO ESTES CRITÉRIOS E O NÃO CONVITE PARA QUEM NÃO É CAMPEÃO CONTINENTAL VAMOS A HIERARQUIZAÇÃO DOS MUNDIAIS E INTERCONTINENTAIS:1º SÃO PAULO E INTER 2º MILAN(TEVE JAPONES CONVIDADO) 3°CORINTIANS (OFICIAL POREM NÃO CAMPEÃO CONTINENTAL E CONVIDADO APESAR DE JOGAR 3 PARTIDAS PARA SER CAMPEÃO)AGORA OS INTERCONTINENTAIS:1° SANTOS DE 1963 POIS JOGOU 270 MINUTOS PARA SER CAMPEÃO OU SEJA 3 PARTIDAS CONSECUTIVAS( E ,CASO HAJA,OUTROS NESTA MESMA SITUAÇÃO) DEPOIS 2° BAYERN MUNIQUE QUE JOGOU 180 CONTRA O CRUZEIRO ( E ,CASO HAJA,OUTROS NESTA MESMA SITUAÇÃO E DEPOIS EM 3° FLAMENGO,NACIONAL DO URUGUAI EOUTROS QUE JOGARAM E GANHARAM NOS 90 MINUTOS(SEM PRORROGAÇÃO) E DEPOIS 4° GREMIO QUE JOGOU A PRORROGAÇÃO E GANHOU PRECISANDO DE 120 MINUTOS PARA SER CAMPEÃO E POR ÚLTIMO QUEM GANHOU NOS PENALTIS TIPO REAL MADRI CONTRA O VASCO.GRANDEZAS SE JUSTIFICAM POR CRITÉRIOS ESTRITAMENTE TECNICOS SEM A INFLUENCIA DE FANATISMOS QUE NEGAM A MATEMÁTICA , A GEOGRAFIA , A EXSTENCIA DE UMA ENTIDADE MAIOR DO ESPORTE QUE AJUDA A REGULARIZAR OS CAMPEONATOS

jo disse...

o fato de na época ,por não haver nada melhor em termos de promoção do que ganhar A TOYOTA não quer dizer que esta não foi superada pelo verdadeiro campeonato mundial e oficial de clubes fifa!botamos as faixas sim mas isto não resolve o fato inquestionavel quer hoje 2008 este título é muito menos que o fifa word cup(a taça não é a mesma ,sabia?)tá respondido?

jo disse...

bah1 bruno tu tens só 2 regionais ? e eu que poensei que tu tinhas 35...

jo disse...

ah! quem diz claramente (a menos que seja altista) que NÃO ÉS CAMPEÃO DO MUNDO É A FIFA QUE REGULARIZA TUDO EM FUTEBOL,INCLUSIVE SALGUNS TÍTULOS QUE GANHASTE!!

Bruno disse...

Tá Jo, você escreveu tanto para nada. Aliás, ainda utiliza essa teoria da quantidade? Já não contra-argumentei a respeito? Escreveu um imenso texto para insistir num argumento defasado. Continua com argumento fraco. Se esse é o seu argumento para provar que o Mundial FIFA vale mais do que a Copa Intercontinental, então, nem voi escrever, pois em nada bateu os meus argumentos. Ah! Regionais que eu falo são Copa Sul e Taça da Legalidade. Entendeu? Saudações do CAMPEÃO DO MUNDO DE 1983.

jo disse...

ah! tem que ter antidoping porque senão nada feito!gremio campeão do mundo da fifb -federação internacional de futebol do bruno(com antidoping?)

Luiz Portinho disse...

eheheh... Bruno, me desculpe, mas tu estás dando murro em ponta de faca rapaz! tuas teses são bem construídas, mas elas só têm um "senão": contrariam os fatos e a realidade. bota caneco no armário, sai da fila, e depois vem discutir.

a propósito da toyota83, o Peninha falou no livro dele a respeito do doping do PC Caju ?!