terça-feira, agosto 26, 2008

Ano II, Número 84

EDIÇÃO ESPECIAL - GRE-NAL 372
(crédito da foto: site do Sport Club Internacional)


A CORDA ESTICADA


Chama a atenção as declarações dos dirigentes do GRÊMIO, que já falaram várias vezes que o GRÊMIO tem que jogar sempre com a corda esticada. Sabedores das limitações do time, nossos dirigentes demonstram que o time sabe porque ganha e sabe porque perde.

Isto ficou bem claro nos dois jogos da semana que se passou. Jogando um futebol aquém do que vinha demonstrando, o GRÊMIO acabou perdendo para o Flamengo por 2x1, numa partida em que não tivemos uma boa atuação no 1º tempo, mas equilibramos as ações na etapa complementar. Vale lembrar que, na era dos pontos corridos, em todas as vezes que fomos enfrentar o Flamengo no Maracanã acabamos derrotados. Era esperada a nossa 3ª derrota na competição.

O que não foi esperado foi o empate nos Aflitos. Mesmo com o sabor do heroísmo de empatar um jogo onde tivemos uma atuação muito ruim, e com gol aos 48 minutos e 50 segundos de partida, os dois pontos deixados em Recife merecem ser lamentados. Afinal, time que pretende ser campeão não pode se dar ao luxo de perder pontos para equipes da zona de rebaixamento. Tem que deixar para os jogos contra Cruzeiro e Palmeiras, já que enfrentaremos ambos fora de casa e nosso retrospecto como visitante contra estes dois times é ruim. Mas isto é assunto para as próximas colunas, mais quando estes confrontos se aproximarem.

Ficou de positivo o fato de que, apesar de ter conquistado apenas 1 ponto em 6 disputados, o GRÊMIO segue com 5 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, que agora é o Palmeiras. O Cruzeiro estacionou nos 39 pontos e agora está na 3ª posição.


TCHECO

O meia Tcheco foi o destaque negativo do jogo contra o Náutico. Parece que retornou a campo o Tcheco inoperante e omisso de 2007. Este eu já declarei que não me serve. Se ele não voltar a ser o jogador que estava sendo até então, ele que vá esquentar um banco de reservas, e que Souza entre no time de uma vez por todas.


SOUZA

E não aprovou a entrada de Souza como ala direita no time do GRÊMIO. O técnico Celso Roth utilizou-o nesta posição no 1º tempo do jogo contra o Flamengo, mas ele não apresentou um bom futebol. Tanto que no retorno para o 2º tempo, Souza retornou ao meio-campo e o nosso técnico promoveu a entrada de Makelelê para cair por aquele setor. E, em sua posição correta, acabou sendo o destaque da etapa final. Premiou sua boa atuação com um belíssimo gol de falta. Mas mal deu tempo de ele comemorar: 4 minutos depois, o Flamengo marcou o 2º gol.

Souza deve jogar o BA-nal de quinta-feira pela Sul-Americana, com Makelelê improvisado na ala.


DE GRE-NAU A BA-nal

O Banguzinho tricolor deve retornar a campo na quinta-feira, frente ao nosso tradicional adversário, pela Copa Sul-Americana. Para nós, um 0x0 basta. Um novo empate em 1x1 leva pros pênaltis e qualquer outro empate com gols elimina o tricolor dos pampas da competição.

A novidade é que talvez joguem dois ou três titulares em vez de apenas um. William Magrão deve iniciar o jogo, uma vez que ele recebeu o 3º amarelo e não atuará contra o Vasco neste domingo, às 16h. Assim, Makelelê deve exercer a função de ala direita, uma vez que Felipe Mattioni ainda não deve reunir condições para jogar na quinta. Outro que deve entrar em campo deve ser Réver, uma vez que William Thiego lesionou-se justamente no clássico anterior e só voltará a jogar em 5 semanas. Outra opção seria recuar Amaral para a zaga. Isto já aconteceu depois da saída de Thiego, e nosso camisa 17 já jogou desta forma com o próprio Roth no Vasco. Neste caso, Rudnei seria o 1º volante.

Por fim, o uruguaio Orteman, praticamente recuperado de sua lesão, deve estar à disposição de Roth para a partida. No entanto, ele deve iniciar no banco de reservas. Mas não me surpreenderia se ele aparecesse como titular.

O provável time para quinta será Marcelo Grohe (12); Leo (3), Jean (14) e Réver (5); Makelelê (18), Amaral (17), William Magrão (11) e Souza (21); André Luis (22) e Soares (23).

Quem passar, pega o vencedor de Universidad Catolica-CHI e Olimpia-PAR.


RAPIDINHAS

Esqueci de mencionar na semana passada, mas menciono nesta: o GRÊMIO ganhou o troféu Osmar Santos, em decorrência da conquista do 1º turno. O troféu foi entregue semana passada.


Felipe Mattioni deve voltar aos treinos na sexta-feira. Não deve jogar o clássico na quinta.


Rafael Sobis, que interessava ao GRÊMIO, deve se transferir para o Al Jazira, dos Emirados Árabes.


Dia 30/08 comemora-se 13 anos da conquista da segunda Libertadores da América pela equipe do GRÊMIO. Após vencer a primeira partida, disputada no Olímpico, por 3x1, o empate por 1x1 no estádio Atanasio Girardot, em Medelín, garantiu o segundo título da América ao tricolor dos pampas. O gol foi marcado por Dinho, de pênalti. O time que jogou a final foi: Danrlei; Arce, Rivarola, Adilson (Luciano) e Roger; Dinho, Goiano, Arílson e Carlos Miguel; Paulo Nunes (Alexandre) e Jardel (Nildo). O técnico era Luiz Felipe Scolari.


NOTA PÓS-FECHAMENTO DE COLUNA: Celso Roth confirma: Orteman deve coneçar o BA-nal como titular.


Saudações imortais do líder do campeonato, dono do 1º turno e primeiro colocado no ranking oficial da CBF,

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração


PENALTY

"Cadê o penalty / Que não deram pra gente no primeiro tempo? / Vencer era uma necessidade / Um privilégio fazer planos e classificar / Sonhar, jogar, decidir e ganharDepois de festejar / Se banhar num mar de rosas / Penalty! / Penalty! / Penalty! / Penalty! / Penalty! / Mas como não foi possível / Isso tudo acontecer / A cidade, magoada e triste, grita e chora / E pergunta pra você / Penalty! / Cadê o penalty / Que não deram pra gente no primeiro tempo?". E pensar que o mestre Jorge Ben compôs essa música desiludido, num dia em que o seu menguinho teve um penalty sonegado num Fla-Flu decisivo. Aqui a vida não imita a arte, domingo tivemos duas penalidades clamorosas que só o Sr. árbitro não enxergou; o Flamengo, maior representante do futebol do Eixo, mais uma vez, foi beneficiado em Porto Alegre. O empate em 1x1 saiu barato aos cariocas, impedindo a escalada do INTERNACIONAL na tabela.

BOM FUTEBOL I

Foi uma bela partida de futebol. Saí de campo satisfeito com o INTERNACIONAL, que foi batalhador e mostrou um princípio de organização. Todos sabem que sou inimigo desse famigerado 3-5-2, mas já que ele está aí, posto, não adianta espernear. Vamos com ele. A continuidade, no futebol, é muito importante.

BOM FUTEBOL II

Embora seja crítico, gostei das atuações de Rosinei e G. Nery, atuando como verdadeiros alas (e não como laterais). Penso que só Guiñazu na contenção seja suficiente, podendo-se admitir, ao menos nos jogos dentro do Beira-Rio, uma meia cancha mais ofensiva, com Taison (ou D. Carvalho - quando em forma) no lugar de Magrão.

BOM FUTEBOL III

Com a refinada companhia de Alex e D´Alessandro (que ainda não rendeu tudo que pode render), Nilmar subiu de produção. São injustas e cegas as críticas ao avante. Só perde gol quem está lá, diante da baliza. Mesmo sendo goleador da equipe e anotando gols em quase todas as partidas, há alguns meses venho afirmando que Nilmar recebe críticas injustas. É uma vítima da burra política em voga no Beira Rio, que preconiza a necessidade de o time atuar com apenas 3 jogadores de criação do meio para frente (rodeados por um bando de volantes brucutus).

MEDO - PARTE II

Os arrogantes vão de time reserva, novamente, para o clássico. A atitude de desvalorizar o clássico é medrosa, como já denunciei na primeira edição do confronto, e transfere toda a responsabilidade para nosso lado. Ganhar não será mais do que obrigação, é o que a imprensa tem propalado. Tudo bem, pode ser. Aceito o desafio, até porque para COLORADO gNAL sempre é prioridade, é batalha na qual se deve concentrar todas as atenções.

RÁPIDAS

Clemer, Índio, Bolivar, Marcão; Rosinei, G. Nery, Guiñazu, Magrão e D´Alessandro, Alex e Nilmar. Esse é o time da vez.

Meu time (aceitando o malfadado 3-5-2): Agenor, Índio, Bolivar e D. Moraes; Rosinei, Ramón, Guiñazu, Taison e D´Alessandro; Alex e Nilmar.

Clemer conseguiu falhar, clamorosamente, duas vezes em apenas uma semana. Quando será sacado da equipe ?

A propósito, a contratação de Lauro (3o. goleiro do Cruzeiro?!) é supérflua diante da presença dos jovens Agenor e Muriel no grupo.

Agenor com a camisa 1. Um mínimo de coragem, por favor!

D. Moraes ingressou na equipe no lugar de Índio (lesionado). E teve mais uma grande participação digna de registro.

Luxemburgo chegou a Porto Alegre com banca e saiu chamuscado.

Caio Jr. se escapou por pouco e com a ajuda da arbitragem.

O Beira-Rio mantém sua tradição de detonar figuras de marketing.

E o goleirinho que o vizinho quer vender como o melhor do país é peito de madeira hein! Bah!, que enganação!

Vizinho, começou a ruir o teu castelinho. E é só o começo!

Coloradagem, vamos para a peleia, encarando sempre o gNAL como a coisa mais importante do mundo.

Saudações rubras, do MULTICAMPEÃO MUNDIAL, INTEGRANTE DO G6 e DETENTOR DA TRÍPLICE COROA MUNDIAL e DONO DA ALDEIA (38*).

Luiz Portinho -
lcportinho@yahoo.com.br

24 comentários:

Milton disse...

Tche, o Porto ta impossivel! So bastou duas rodadas pra arrogancia colorada voltar com toda a pompa! So que esquece que gracas a eles continuamos firmes na lideranca do certame. Claro, so guardando lugar ate os vizinhos a reclamarem, nao eh? Pois bem, quanto ao grenal, considero corajosa a atitude de Roth de considerar colocar 2 titulares para a partida. No primeiro foi 1x1, gol do titular Leo, quem sabe os dois farao os gols e despacharam os galaticos da competicao?

DJ Aldebaran disse...

Bão merrrmo é o Cremer!

Bruno disse...

Porto, na boa, a impressão que eu tenho é que você não escreve sobre a realidade, escreve aquilo que você quer que seja a realidade. Vamos lá.
1- MEDO I: Medo? Não! Apenas escolha de uma prioridade. O Grêmio não é o único time a escolher colocar reservas na Copa Sul-Americana, São Paulo e Vasco da Gama escolheram a mesma opção. Ninguém aqui desvaloriza o GREnal, apenas chegamos à conclusão que o Campeonato Brasileiro é muito mais importante do que os GREnais 371 e 372. Tanto é, que no GREnal 373, já pelo Brasileirão, não há dúvidas de que utilizares titulares, ou você duvida?
2- MEDO II: A impressão que eu tenho é que quem está com medo são os colorados. Não é nossa intenção colocar time reserva para jogar a pressão no outro lado, como já foi justificado. Agora, se o atual plantel do Internacional não sabe lidar com a pressão, então, o lugar do Inter na tabela de classificação do Brasileirão, é mais do que justo.
3- VICTOR: Diga, Porto, quantas falhas, Victor cometeu? Na temporada, apenas duas. Uma contra o Botafogo e essa contra o Flamengo. Mas por que você não cita mais uma defesa espetacular que ele fez contra o Náutico e o fato do próprio ser o primeiro colocado no prêmio Bola de Ouro, da Placar, dado ao melhor jogador do Campeonato Brasileiro?
4- LÍDER: Você está desesperado mesmo, Porto. Perder para o Flamengo no Maracanã não é nada anormal. Tanto é, que você esquece que o seu time perdeu lá por 2x1. Esquece também, que o seu time também empatou contra o Náutico nos Aflitos (1x1). Esquece também que a diferença, com três rodadas do returno, continua de cinco pontos ao segundo colocado e o Grêmio continua somando pontos fora de casa e fazendo a sua parte no Olímpico. Ninguém ainda é campeão, mas o Grêmio merece estar na liderança, até aqui.
5- REBAIXAMENTO? Você disse que seríamos rebaixados. Pois bem, estamos com 45 pontos em 22 rodadas.Em 2007, o Corinthians caiu com 44 pontos, enquanto em 2006 a Ponte Preta caiu com 39. Por ironia, o seu time ainda não se livrou matematicamente desse risco.
6- Até mais. ;-)

Bruno disse...

Hahahahahaha! Clemer é o cara. Tomara que fique na titularidade por mais tempo. =P

Milton disse...

Nao, Bruno, eh que o Porto tem que manter sua fama de incoerente. So isso.

DJ Aldebaran disse...

Quem tem Clemer como camisa 1 não tem envergadura moral pra falar do Victor!

Lucas Aidukaitis disse...

Aonde foram os comentarios dos torcedores do Internacional? Aonde foi o Jo? Era tao engracado ler seus argumentos e discussoes, ta dando saudades...

jo disse...

engraçado é os invejosos do humaitá(que pobreza de espírito)destruirem o painel da freeway de campeão do mundo!!engraçado que o de voces tá há mais de 20 anos lá e ninguém fez nada(porque será ,né pijamada?).analisem ,please...kkkkkkkk(como sou engraçado ,né lucas?)

DJ Aldebaran disse...

Jo, tu não respondeu. Tu sabe ou não como era a primeira camiseta do teu time?

DJ Aldebaran disse...

Faz parte do DNA CHORÃO dos vermelhos ficar se lamentando por pênalti não marcado. Nós também tivemos dois pênaltis não marcados contra este mesmo Flamengo, e pra nós foi apenas uma nota de coluna. Agora, pros vermelhos, faz parte do título da coluna deles! E ninguém cala este chororô...

Milton disse...

Quem sabe os vandalos decidiram fazer um favor a 60% da torcida gaucha? Sei la, so Deus sabe e ele vai julgar, nao achas? So que a bola nao mente, hoje a noite descobriremos qual time eh melhor: os TITElares do Inter ou o Bangu.
Agora Jo, eu nao sei como era o teu primeiro uniforme: poderias ao menos responder uma pergunta que te fazem e me informar a respeito? Ou vai ficar muito chato revelar o segredo?

jo disse...

milton entrega o jogo!!o time dos recalcados tem nome e mora no humaitá....

Milton disse...

??? Tu es muito confuso, Soares, deixa pra la...

jo disse...

defesa de tapetão pra subir , né pijamas em 1992 , admiração pelo MSI CURINTIA , FLAVIO VAZ NETO PRESIDENTE DO CONSLHO ADMINISTRATIVO ENVOLVIDO NA FRAUDE DO DETRAN(QUE PENA , NÉ...DAVA UM DINHEIRINHO PRO CLUBE) E AGORA DEFESA TAMBÉM DE VANDALISMO...PELO MENOS O ALDEBARAN AINDA ARRUMAVA UMAS DESCULPAS ESFARRAPADAS MAS BASTOU ELES ESTAREM NA FRENTE PRO DNA VIR COM TUDO...

Milton disse...

Puts, cara, quanta tpm por um clube de futebol! Toma um chimarrao, conta ate mil, bebe suco de maracuja, e quando estiveres mais calminho a gente volta a conversar, OK?

Milton disse...

... mas confeca que ficou chato dizer como era vosso uniforme, vai, so diz...

Bruno disse...

Hahahahahahaha! Como o Lucas disse, o Jo é realmente engraçado. Hahahahahahaha! Mas a pergunta do Aldebaran ainda não foi respondida. =D

Milton disse...

Tche, como joga bola o Nilmar! Vi o gol no globo.com e tiro meu chapeu pra categoria do guri. Eh uma pena que estara deixando o Inter, realmente foi uma contratacao acertada pelo vizinho. Agradecemos ao Clemer por dar ares comicos ao classico; gol de cobertura por dois craques colorados, um pra comecar o jogo e outro pra terminar com chave de ouro.

Milton disse...

Agora, acho que o Inter deixou duas boas oportunidades de mostrar que sao superiores aos gremistas. Por duas vezes jogar contra reservas e nao conseguir impor resultado, eh algo notavel. Ou nossos reservas se superaram ou os TITElares nao sao tao bons assim. Pra quem viria com tudo, ficou devendo. Bueno, quem sabe no centenario deles eles possam disputar o titulo da recopa, que a Libertadores ta ainda bastante distante... seria duelo de gigantes, neh, LDU e Internacional?

Luiz Portinho disse...

só mesmo alguém que tem DNA ARROGANTE para dizer que está feliz com a E-LI-MI-NA-ÇÃO... essa é demais! eu nunca tinah visto nada parecido!

Luiz Portinho disse...

a propósito, os ARROGANTES E VÂNDALOS (essa do painel da freeway piada hein!), já conquistaram seu TRI em 2008... E-LI-MI-NA-DOS do gauchao, copa brasil e sudamericana...

Bruno disse...

Se pensarmos, por exemplo, que não teremos mais custos com viagem e meios de semana livres para o time se preparar melhor para as partidas que realmente interessam (os jogos do Brasileiro), não vejo motivo para não ficar aliviado, afinal, que está desesperado em salvar o semestre, é o Inter-Caldas. Sobre a piada do Tri, isso me trouxe uma lembrança interessante. O último Tri-Negativo que um time conquistou, foi o São Paulo em 2006 (Tri-vice: Paulista, Recopa e Libertadores) e se tornou Campeão Brasileiro mais tarde. Interessante, Porto, valeu por essa constatação animadora. Aliás, como anda a caminhada de seu time contra o rebai...ops, desculpe, a caminhada rumo à Libertadores? Aposto que está sonhando com a Conmebol mudar o regulamento da Sul-Americana no meio do campeonato para, quem sabe assim, conseguir a tão utópica vaga na Libertadores, não é? =D

DJ Aldebaran disse...

Isto é o DNA INCOERENTE!
- Reclamam que perderam o Gauchão de 2006 com dois empates
- Comemoram a classificação à segunda fase da Sudamericana (que leva de nada a lugar nenhum) obtida com dois empates.
Tomara ao menos que pare a choradeira de 2006. Que meus ouvidos não são penico.

Luiz Portinho disse...

olha, uma coisa é certa, eu jamais comemorei ELIMINAÇÃO... isso sim é o cúmulo da incoerência (aliás, sigo afirmando, vcs. precisam buscar o significado da palavra incoerência). comemorar eliminação é incoerente e ridículo!