terça-feira, outubro 14, 2008

Ano II, Número 91

MALDITA MATEMÁTICA

O empate contra o Goiás poderia até ser um bom resultado, não fosse o contexto no qual se enquadra. Venho insistindo desde a coluna 85, no já longínquo 1º de setembro, que o INTERNACIONAL não tem mais o que fazer no certame nacional; alijado que está das disputas principais, do título e da vaga na Libertadores. Mas a matemática, ciência exata e que não leva em consideração fatores lógicos, racionais e da experiência humana, teima em manter o INTERNACIONAL vivo no campeonato. E com isso estamos fadados a ouvir as entrevistas coletivas do ‘stabilishment’ rubro a decretar que o próximo confronto é o decisivo. Agora é a vez do Atlético-PR.

SAUDAÇÕES 4-4-2

Sim, preciso saudar o retorno do 4-4-2 ao cotidiano Colorado. Mesmo com os resultados negativos contra Coritiba e Goiás, é preciso anotar que a equipe teve desempenhos razoáveis, demonstrando boas opções, inclusive, no que diz respeito às triangulações ofensivas (algo elementar numa equipe de futebol). Voltamos da excursão com apenas 1 ponto em 6 disputados, mas as razões do fraco desempenho, sem dúvida, passam muito mais por questões anímicas e extra campo do que pelas opções táticas.

BOLIVAR

Sou um dos maiores admiradores do futebol e do caráter de Bolívar, mas suas atuações pela quarta zaga estão comprometendo nosso sistema defensivo. O General é um dos zagueiros centrais mais sólidos do futebol brasileiro e deve disputar posição com Índio (que está numa fase estupenda). Foi pelo lado esquerdo que D. Moraes substituiu Sorondo e teve excelentes atuações. Saiu da equipe no carteiraço.

RAMON

Quem lê habitualmente a coluna sabe que gosto do futebol de Ramon e defendo seu aproveitamento na equipe. Não entendo a utilização de G. Ney e Marcão, com preterição deste guri. Minha opinião só ganhou força depois da entrevista concedida ao final da partida contra o Goiás, na qual Ramón afirmou que seguiu na partida mesmo descontado por um corte sofrido em entrada do adversário com as travas da chuteira. É disso que precisamos, de atletas dedicados e identificados com os valores do INTERNACIONAL.

AMBIÇÃO

Tite, por exemplo, não tem qualquer identificação com o INTERNACIONAL. Não representa bem nossa grandeza e ambição pela vitória. A substitução de D. Carvalho por Rosinei foi uma confissão de satisfação com um empate que não leva o Colorado a lugar algum. Ao final do ano farei uma releitura de minhas colunas e buscarei quantos pontos perdemos pela falta de ambição de Tite. Garanto que aí encontrarei 90% de nosso alijamento da Libertadores 2009.

D. CARVALHO

Visualmente, D. Carvalho continua gordo (mesmo que a imprensa dê conta que já alcançou seu peso ideal). Nas duas partidas que teve oportunidade de sair jogando decepcionou e não mostrou sequer disposição para atuar. Parece desmotivado. Pelo que conheço dos bastidores do futebol, D. Carvalho só jogará tudo que sabe no INTERNACIONAL com outro treinador.

GOLEIROS I

A retirada de Clemer da equipe se deu da pior forma, justamente depois de sofrer um dos frangos mais clamorosos de sua carreira. Há cerca de 3 anos preconizo a saída de Clemer da camisa 1, mas não desse modo. Além de queimar o jogador, Tite deixou claro que não sabe administrar um grupo qualificado de jogadores. As várias rusgas públicas com jogadores deixa isso mais do que evidente (como se não fosse suficiente para tal conclusão o lamentável episódio das “ovelhinhas” vivenciado lá na azenha).

GOLEIROS II

Lauro ingressou na equipe e teve atuação não mais do que razoável em Goiania. Teve parcela de culpa no gol sofrido. Bola na pequena área é responsabilidade do goleiro (ainda mais quando este tem 1,90m e a saída de gol como um de seus pontos fortes). Aparenta estar em melhor forma do que Clemer, mas eu gostaria de ver Agenor e Muriel terem chances.

PETULÂNCIA I

R. Portaluppi, ícone da vizinhança, afirmou em entrevista que Dunga não está preparado para ocupar o cargo de técnico da seleção brasileira. Tchê, mas este cidadão não tem um pingo de simancol ? Quem é ele para falar do Capitão ? Só nesta temporada, esta cria da azenha já afundou duas instituições tradicionais do futebol brasileiro e caminha a passos largos para colocar o Vasco da Gama na SEGUNDA DIVISÃO. Como treinador nunca ganhou absolutamente nada, é uma farsa!

PETULÂNCIA II

Como jogador Portaluppi também não possui currículo para amarrar as chuteiras de Dunga. O máximo que conquistou foi Taça Toyota, ao passo que o Capitão levantou a Copa do Mundo diante de bilhões de espectadores em 1994; foi o líder do escrete canarinho e o grande responsável psicológico pelo desempenho fantástico de Romário. Dunga é respeitado no mundo inteiro, enquanto o falastrão da azenha deixou péssima imagem por todos os lugares por onde passou, especialmente na Europa. Não tem moral e não tem credibilidade para dar opiniões.

RÁPIDAS
.
Não me venham com esse papo de que a Venezuela é cachorro morto, porque nunca é fácil vencer fora de casa em Eliminatórias de Copa do Mundo;
.
Há algum tempo venho afirmando que Dunga classificará o Brasil, com folga, para a Copa 2010; ao contrário de C.A.Parreira e L.F.Scolari que tiveram de parir bigornas para conquistar tal feito.
.
Edinho absolvido no STJD. Péssima notícia.
.
A propósito, como era de se esperar, no vigente sistema do carteiraço, o jovem Sandro, de ótima atuação contra o Coritiba, foi sacado da equipe. Para o retorno de... de ? Sim, dele, Edinho, o Capitão de Tite.
.
Com a suspensão de Índio, Bolívar finalmente voltará a atuar na zaga central.
.
Podem anotar, vai ser um dos melhores em campo.
.
“Voltei a vida hoje, treinando, suando...” (isso é puro Guiñazu).
.
Cláusula de barreira de 30% em Colégio Eleitoral é típico instrumento de sistema político anti-democrático; é a melhor maneira de impedir a participação direta do sócio (torcedor) e de manter as elites ditando rumos. Tu não acha vizinho ?
.
A propósito desta eleição aí na azenha. Sabem quem vai decidir o pleito ? Os 6.000 votos de associados que integram a torcida organizada GERAL.
.
Isso mesmo, a tal de GERAL que queima banheiros, depreda estádios e protagoniza episódios de violência por todos os rincões que visita; e que é institucionalmente protegida e apoiada pela atual diretoria azenhana.
.
E depois vem aquele pessoal dos termos rebuscados proferir discursos contra a violência nos microfones. Pura cara de pau!
.
Saudações rubras, do MULTICAMPEÃO MUNDIAL, INTEGRANTE DO G6 e DETENTOR DA TRÍPLICE COROA MUNDIAL e DONO DA ALDEIA (38*).

Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br


QUESTÃO DE HONRA

Nesta quarta-feira, o STJD transformou este Campeonato Brasileiro em uma questão de honra para os dirigentes e jogadores gremistas. Por conta das suspensões, encararemos a Portuguesa sem 4 dos principais jogadores do time.

Tcheco foi julgado na segunda-feira pelos incidentes do GRE-nal. Pegou dois jogos, o que de certa forma já era esperado. No mesmo julgamento, Edinho foi absolvido.

No entanto, na quarta-feira, o STJD tirou Leo, Réver e Richard Morales do time.

Leo foi expulso contra o Botafogo e, juntamente com Jorge Henrique, foi enquadrado no artigo 253 (agressão), que prevê de 120 a 540 dias de suspensão. Levou 120 dias.

Morales e Réver foram denunciados com base nas imagens do jogo. O uruguaio foi enquadrado no artigo 254 (jogada violenta) após jogada onde ele já havia levado o cartão amarelo. Acabou sendo denunciado também no artigo 258 (atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva) e levou um total de 8 jogos.

Já o zagueiro gremista foi enquadrado no artigo 255 (ato de hostilidade) por discussão com Carlos Alberto, e pegou três jogos, a pena máxima para este artigo.

Por conta dos julgamentos, havia começado a escrever a coluna logo após o final do jogo contra o Santos. Houve um atraso devido a questões particulares minhas, mas tive que reescrever boa parte do que estava pronto para comentar os novos fatos.

Menos mal que, antes mesmo do novo fechamento desta coluna, o STJD acabou corrigindo seu próprio erro e concedendo efeito suspensivo aos atletas do GRÊMIO, que assim, poderão enfrentar a Portuguesa. Apenas Tcheco ficará de fora.

Mas agora as penas foram atiradas ao vento. A repercussão foi péssima, talvez até tenha sido este o motivo para a concessão do efeito suspensivo. E os fatos servirão para motivar ainda mais o grupo gremista rumo à conquista do tri-campeonato brasileiro.

Mas o GRÊMIO será julgado novamente, desta vez pelo pleno do STJD. A vantagem é que os jogadores estão liberados para atuar até que o novo julgamento seja marcado.


DENTRO DE CAMPO, LÍDER DE NOVO

Realmente, desta vez usando as palavras do vizinho, o GRÊMIO não se mixou e reconquistou a liderança isolada do Brasileiro, depois da bela vitória sobre o Santos por 2x0. Combinado com o empate sem gols entre Figueirense e Palmeiras, no Orlando Scarpelli, agora o GRÊMIO tem 56 pontos, dois a mais do que o time do Parque Antarctica.

O GRÊMIO acabou facilitando as coisas para ele mesmo, no momento em que marcou o primeiro gol logo no início do jogo, e conseguiu estabelecer um clima de maior tranqüilidade na partida. O gol foi marcado por Richard Morales, seu primeiro a serviço do GRÊMIO.

O goleiro Victor foi novamente figura importante na construção vitória gremista, tal qual foi na melhor fase do time no certame. Fez no mínimo duas defesas importantes quando o time santista ameaçou a defesa gremista.

No final, a consolidação da vitória gremista. Um gol de Réver já nos acréscimos deu números finais à partida. Mais uma bela vitória do GRÊMIO, que reconquista a liderança do campeonato.


AS ELEIÇÕES NO GRÊMIO

Nesta segunda ficou definido o quadro da eleição gremista. As duas chapas ultrapassaram a cláusula de barreira de 30% e no sábado teremos a eleição por parte do associado.

Aproveito o atraso na coluna e já respondo aqui mesmo a um questionamento do vizinho. Sim, eu acho anti-democrática uma cláusula de 30%, tanto para presidente quanto para o Conselho Deliberativo. Tanto que o Movimento GRÊMIO NOVO, do qual já fui membro efetivo e hoje me encontro afastado devido a questões pessoais, defende a redução da cláusula para 20%, e já protocolou no Conselho Deliberativo um pedido para que seja alterado o estatuto para contemplar o novo percentual, conforme o que é vontade da grande maioria dos associados.

Quanto ao meu posicionamento na eleição deste sábado, abro meu voto em favor da Chapa 2, capitaneada por Antônio Vicente Martins, e que tem entre seus integrantes os nomes de Rodrigo Karan e Eduardo Antonini, companheiros de MGN e meus amigos pessoais. Mesmo com o boato, não desmentido e também não confirmado, que Paulo Pelaipe poderia voltar ao departamento de futebol caso a Chapa 2 vença.

No entanto, eu acredito que a Chapa 1 sairá vencedora.


RAPIDINHAS

A CBF divulgou o desdobramento da 31ª, 32ª e 33ª rodadas do Brasileiro. O jogo GRÊMIO X Sport será dia 23/10, quinta-feira, às 20h30min. Cruzeiro X GRÊMIO será na quarta-feira, 29/10, às 21h50min. E, por fim, GRÊMIO X Figueirense está marcado para domingo, 02/11, às 19h10min.


Talvez o atraso de 1 hora em todos os jogos do domingo da 33ª rodada se deva à transmissão do GP do Brasil de F-1. Mas acabou se tornando um horário interessante este de 19h10min de domingo, uma vez que já teremos o horário de verão em vigor no país nesta data.


Pereira deve voltar ao time titular contra a Portuguesa. O técnico Celso Roth deve ter também a sua disposição Perea, Marcel e Souza, que devem ser liberados pelo DM.


Saudações imortais,

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração

5 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

Sobre os 30%, no 1. turno, não vejo problema. Acho sim, errado, ter 30% de barreira na eleição PARA o Conselho...

Milton disse...

So estive mostrando fatos. Eh fato que todo clube grande vai ser eliminado por outros de menor expressao, tal como ocorreu nas 3 eliminacoes neste ano. Agora, Porto, mencionastes os grandes duelos que nosso time passou na segunda divisao... como eh que definistes mesmo teu jogo contra o expressivo Parana Clube? Te esquecestes da coerencia?
Lamentavel o comentario do Renato sobre o Dunga. Quem dera os dois trabalhassem em seus respectivos times, quietos e humildes. Quem sabe assim ambos nao chegam aos pes de Luis Felipe Scolari, de quem o vizinho conhece muito bem!

Luiz Portinho disse...

Milton, não me leve a mal, mas eu nunca enfrentei o Paraná Clube pela SEGUNDA DIVISÃO. incoerente e tu querer comparar jogo de SEGUNDA DIVISÃO com ELIMINATÓRIA DA COPA BRASIL.

Sancho, cláusula de barreira de 30% é anti-democracia e é tentativa de preservar velhos caciques no poder.

Milton disse...

De fato, nunca jogastes contra o Parana pela segunda divisao, mas duvido que o Parana jogava a vida como ocorreu naquela final em 2005 (ou tera um demerito caso a vossa equipe despache o Boca Juniors por nao ser a Libertadores?).
Alias, cade o time favorecido pela arbritagem? Ridiculo o que fizeram com o Gremio na suspensao de Leo, Rever e Morales! Tiraram o titulo inedito pro futebol gaucho em 2005 e o entregaram pro estado de SP, e ta na cara que querem repetir o feito em 2008. Claro, dos grandes de SP so o Palmeiras nao foi campeao nos pontos corridos. Que campeonato emocionante, nao??

Milton disse...

Porto, segundo o lendario Taffarel, quem eh o melhor goleiro em atividade do Brasil?