terça-feira, agosto 25, 2009

Ano III, Número 136

ATITUDE

Simples assim. A semana gremista foi marcada por vários tipos de atitude.

Atitude que faltou contra um time do Santos mal das pernas. Conseguimos ir ainda pior e sofremos nossa nona derrota fora de casa. Em mais um jogo em que vimos um GRÊMIO apático, sem vibração nenhuma, e achando que simplesmente a primeira vitória viria ao natural. Enfim: um time sem atitude.

Atitude que sobrou contra o Atlético-MG de Celso Roth. Vimos o GRÊMIO amassar o galo no Olímpico e aplicar o 3º 4x1 seguido em casa.


ATITUDE II

Antes do jogo, uma atitude no mínimo truculenta e ditatorial da direção do GRÊMIO: não permitiram que membros dos movimentos GRÊMIO Novo e GRÊMIO Independente distribuíssem um panfleto demonstrando a inconformidade com a manobra casuísta de não dar quórum à votação para a redução da cláusula de barreira. Texto censurado pela direção, imagem do panfleto publicada aqui no blog:



ATITUDE III

Olha, não dá nem pra classificar de obinesca a atitude da direção gremista. Afinal, até mesmo Flávio Obino deixava que fossem distribuídos panfletos ao associado, mesmo aqueles que criticavam sua desastrosa administração. É uma postura que só vem a ratificar o pensamento desta direção e do grupo retrógrado que ainda comanda o GRÊMIO: se houver uma abertura em direção a uma postura mais democrática, e isto é uma tendência natural, será contra a vontade desta gente.


VARIAÇÕES SOBRE O MESMO TEMA

Antes do jogo contra o Flamengo, recebi um e-mail que o amigo Paulo R. T. Sanchotene mandou para alguns convivas. Ele atribui a queda de público no Olímpico à falta de identificação deste time com a torcida. Segundo ele, para a torcida aceitar um time de toque de bola só se for pra brigar pelo título. E que se for pra ficar no meio da tabela, tem que comer grama.

Indo ao encontro tanto do que o Sancho escreveu quanto da excessiva “acariocação” do time gremista, já reclamada neste espaço, saiu também no Blog do Torcedor do Globo Esporte, escrito pelo Minwer Daqawiya, um post intitulado “Cadê o GRÊMIO peleador?


VARIAÇÕES SOBRE O MESMO TEMA II

Este relato parece que reflete bem a opinião do torcedor sobre o time. Não vemos comando. Vemos um time descaracterizado capitaneado por um jogador que some na hora do “vamos ver”. Vemos uma direção sustentada politicamente por um grupo extremamente retrógrado e conservador, e que parece alheia ao que ocorre dentro do clube, e vemos um conselho que não representa a opinião do associado que lhes elegeu.

Daí acontece um jogo num domingo às 4 da tarde, coisa rara por aqui, já que o pay-per-view insiste em marcar jogos às 18h30min de sábado, contra um dos líderes do campeonato e onde a vitória significaria muito em relação aos objetivos propostos para o certame. Objetivos, aliás, que acho que nem o mais otimista dos torcedores acredita. E neste jogo, pouco mais de 20 mil torcedores presentes no estádio, quando se esperaria no mínimo 35 mil.


VARIAÇÕES SOBRE O MESMO TEMA III

Acariocação, falta de identificação, de pegada, de espírito “copero e peleador” são todas variações sobre o mesmo tema. E um tema preocupante, de um time que sabemos que tem tudo pra fazer a pior campanha desde que voltamos da série B.


RAPIDINHAS

O GRÊMIO confirmou a volta do lateral-esquerdo Lúcio, que passou pelo GRÊMIO em 2007. O jogador já foi apresentado oficialmente e já treina no Olímpico.


Victor facts: “O Gol jamais seria desenvolvido se Victor trabalhasse na Wolkswagen”.


Aliás, nosso goleiro desfalcará nosso time contra o Vitória, em 05/09. Afinal ele foi convocado para a rodada das Eliminatórias.


Victor facts: “A CBF ordenou que Dunga convocasse Victor para a seleção para a média de gols do campeonato brasileiro aumentar”.


Leandro se declarou próximo do GRÊMIO, no entanto está encontrando dificuldades para se liberar junto ao Verdy Tokyo.


Reza a lenda que Celso Roth veio a Porto Alegre com uma faixa escrito “Chupa, Aldebaran”. Felizmente, ele não pôde usá-la.


Saudações imortais,

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração


FALTA DE OUSADIA
.
Dentro do contexto das 38 rodadas que envolvem um campeonato por pontos corridos, as derrotas para Corinthians e Palmeiras são totalmente digeríveis. Ainda mais se considerarmos que vencemos essas duas equipes nas rodadas inaugurais do certame. Como tenho dito, é natural o perde-ganha em confronto de times grandes; o importante é não perder pontos para os "descamisados" (vide coluna n. 134). Mas o que chamou a atenção, nesses dois fracassos, foi a falta de ousadia de nosso treinador. Perder é do jogo, mas o que não posso admitir é que a equipe entre e saia de campo, SEMPRE!, no mesmo esquema e posicionamento tático.
.
3o ATACANTE
.
Não é possível que um time esteja perdendo uma partida e o treinador substitua um atacante por outro e um meio de campo por outro. Na quarta-feira, contra o Corinthians, M. Cordero já tinha atuação desastrosa (mesmo antes de entregar o 2o gol ao inimigo); por que não colocar um 3o atacante em seu lugar ?! Sábado contra o Palmeiras Taison teve atuação razoável; foi incompreensível sua substituição quando perdíamos por 2x0. Sr. Tite, um dia me deixarás ver Bolaños, Alecsandro e Taison juntos em campo ?
.
LATERAL DIREITA
.
Ouço tanto a respeito de nossa lateral direita que resolvi abordar o tema num tópico específico. Creio que sou o único Colorado da face da terra a pensar que estamos bem servidos de jogadores na posição. Bolívar, em praticamente 50 jogos na posição, teve 2 ou 3 atuações criticáveis. D. Silva só jogou mal na final da Copa Brasil lá no Pacaembu; nas demais oportunidades que foi chamado sempre desempenhou bem o papel (como na partida de 4a feira contra o Corinthians em que foi nosso melhor jogador em campo). E ainda há o jovem Daniel. Os críticos de plantão poderiam indicar ao menos um lateral disponível para contratação que seja melhor do que Bolivar e D. Silva.
.
PARQUE ANTÁRTICA
.
É vergonhoso que no Campeonato Brasileiro se permita um jogo de futebol num gramado precário e todo esburacado como o do Parque Antártica. É vergonhoso que se permita a um clube (mesmo que integrante da máfia paulista) colocar guarda roupas musculosos na função de "gandula" e que se veja tais "gandulas" escondendo bolas durante a partida sem que nenhuma punição seja cogitada. É vergonhoso que se dê condições de jogo a um estádio sem acesso para ambulâncias ao campo de jogo.
.
CRIANÇAS
.
Enquanto isso, a CBF lança possibilidade de punir o INTERNACIONAL pelo fato de ofender um estapafúrdio artigo do regulamento que prevê um número máximo de 20 crianças dentro de campo antes do início da partida. Ridículo! Picaretas! Mafiosos! Até aonde vai a cara de pau dessa gente do Eixo ?! Até aonde vai essa ânsia por vitórias a qualquer preço e essa inveja pelo histórico irreparável de conquistas dentro de campo do futebol pampeano ?
.
MÁFIA DO APITO
.
Tchê, foram todos absolvidos! Até o Edilson, sob o fundamento jurídico de que os fatos não estão tipificados. Ou seja, não houve crime! Tragam o meu nariz de palhaço! O H. Mombach, do Correio do Povo, abordou muito bem o tema na sua coluna da última 5a feira. Se não há crime, dque se restitua a pontuação e entregue a TAÇA do Campeonato Nacional de 2005 no Beira-Rio. INTERNACIONAL LEGÍTIMO CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2005.
.
CAMPANHA
.
Falei na última semana que precisávamos de pelo menos 10 pontos em 15 para abrir caminho para o título. Furou! E o pior é que não estou nem um pouco otimista para o confronto com o Santos de W. Luxemburgo, na Vila Belmiro. Restam 9 dos 15 pontos a disputar, mas acho que se conquistarmos 7, no atual panorama, será lucro.
.
ESTÁ REGISTRADO NA HISTÓRIA
.
24 de agosto de 1997,
Fabiano se transformou eternamente em Uh! Fabiano ao comandar nosso escrete no histórico gNAL dos CINCO-a-dois (gNAL n. 335), enquanto a patrola da vizinhança atolava. O vizinho tem pesadelos até hoje com aquela tarde de domingo... Está tudo escrito e registrado na história.
.
RÁPIDAS
.
Atacante Marquinhos entrou nos minutos finais contra o Corinthians. Esse guri tem potencial. Fez trabalho físico e ganhou musculatura. Vai longe se o deixarem jogar.
.
Corinthians nos venceu com 2 gols impedidos na 4a feira. E ainda houve uma penalidade de concurso sobre o Andrezinho.
.
No domingo empatou em 3x3 com o Botafogo.
.
Um dos gols do time carioca foi anotado com a mão (por A. Lima).
.
Na 2a feira o árbitro de tal partida foi enquadrado, punido, suspenso e colocado na geladeira.
.
Chega dessa nojenta MÁFIA PAULISTA!
.
C. Santana não vem. Pelo preço que se cogitava, melhor que não venha.
.
Sandro não sai. Tottenham ofertou apenas U$ 6 milhões.
.
Humor inglês ?
.
Li que o São Paulo avalia Hernanes em U$ 25 milhões.
.
Quanto valerá Sandro então ?! No mínimo U$ 40 milhões (esse, aliás, é o valor da multa rescisória).
.
Lauro, Daniel, Bolivar, Sorondo, Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e Andrezinho; Taison e Alecsandro. Esse time tentará quebrar um tabu de 9 jogos e 9 derrotas no histórico do confronto entre Inter e Santos lá dentro da Vila Belmiro.
.
Será acertada a escalação do jovem Daniel na lateral direita e o retorno de Bolivar à zaga central, aonde realizou duas ótimas partidas.
.
Por que será que não me surpreendo com a manutenção da cláusula de barreira de 30% e com a censura ao panfleto no pátio da azenha ?!
.
A elite sempre quer preservar as benesses que a elite lhe proporciona; a elite nunca abre mão de nada... e, para tanto, a elite, por vezes, precisa se utilizar de práticas arbitrárias.
.
INTERNACIONAL, CLUBE DO POVO DO RIO GRANDE DO SUL...
.

Saudações rubras, do DONO DA ALDEIA (*39), CAMPEÃO DE TUDO e SEMPRE NA PRIMEIRA DIVISÃO.
.
L. Portinho



16 comentários:

Bruno Coelho disse...

Adelba, não existe uma regra do Grêmio prevendo que qualquer panfleto circulado no Olímpico tenha que ter autorização prévia do clube desde 2005? Se for isso, então não se trata de uma decisão ditatorial, apenas um cumprimento daquilo que foi estabelecido como regras. Por isso, é uma questão que exige cuidado antes de fazer uma abordagem. Tanto é que os sites do MGN e MGI nem relataram nada a respeito.
Por isso, acho que uma avaliação antes de qualquer pesquisa mais aprofundada pode ser precipitada, tanto para gremistas, quanto para colorados, que, aliás, têm nada a ver com isso (né, Porto?).

Bruno Coelho disse...

Sobre o Grêmio Peleador, acho que há exagero em algumas análises. Eu também sinto falta do Grêmio com pegada, mas nos últimos anos, somente isso se caracterizou no Grêmio. Muita raça e pouca técnica.
Acredito que o Grêmio está no caminho certo. Vamos lembrar que Autuori está desde maio apenas, para um trabalho em longo prazo. O Grêmio está aprendendo a tocar mais a bola, a ter mais variações táticas (algo que ocorria com dificuldades com Celso Roth).
O problema do Grêmio de Autuori é que desarma pouco. Isso nos jogos fora de casa prejudica. Mas naturalmente, esse problema se resolve com o tempo e treino. Por isso, acredito que o Grêmio tende a crescer.
E vamos ser justos. Mano Menezes começou o ano de 2006 com um trabalho continuado desde 2005. Celso Roth foi contratado como técnico do Grêmio em fevereiro de 2008. Ambos tiveram tempo de caracterizar as equipes no decorrer do campeonato. Já Autuori pegou o time no meio do Brasileirão 2009. Portanto, se o Grêmio fizer a pior campanha desde 2006, convenhamos, não será nada anormal e nem motivo para crucificar o técnico.

Saudações.

Milton disse...

O juiz do jogo cor x bot errou duas vezes a favor do corinthians. Foi a quantidade de erros que determinou sua suspensao.
Sempre lembrando que a banca paga e recebe tb (aka isc 2x2 spfc).

Bruno Coelho disse...

Isso sem falar no histórico garfo contra o Nacional em 2006. Aposto que o torcedor uruguaio chora até hoje com aquilo.

DJ Aldebaran disse...

Garfo contra o Nacional em 2006...
Garfo contra o Estudiantes em 2008...
Garfo contra o Fluminense em 92...
... e assim vai...

jo disse...

bruno chapa branca do filho do patrono!kkkk...aldeba chorando...mas que cenas mais interessantes neste blog!!E o melhor : o bruno e eu concordamos que o gremixo tá no caminho certo ,ou seja ,mais um ano sem títulos!!!

Milton disse...

O Jo de volta apos 3 meses? Junho lhe fez muito mal, heim :)

Alias, tu quis dizer que tanto o inter como o gremio vao ficar mais um ano sem titulos nacionais neh?

Bruno Coelho disse...

Olha só, fatasmas realmente existem. Como foi a sua volta do mundo dos mortos, Krug? Estava sumido hein. Já sei! A Copa Suruba lhe deu novo ânimo? Hahahahahaha!

Abraço.

Luiz Portinho disse...

em que mundo vive o Milton ? o INTERNACIONAL acumulando Taças ao redor do mundo. pô Milton, tu não tá lendo jornal ?

Luiz Portinho disse...

e por falar em garfo, interessante o que ocorreu lá no Rio de Janeiro hein Aldebaran ? vais abordar na tua proxima coluna os favorecimentos contra o Botafogo (seria interessante, porque contra Cruzeiro, Flamengo etc preferiste o silêncio).

Milton disse...

Caro Porto, me mantenho muito bem informado nas coisas relevantes do mundo. Sinceramente falando junho-agosto nao foi bom pra voces, embora ganhassem a copa suruba. O jo prova isso sumindo quando o inter perdeu a recopa e a copa do brasil.

Milton disse...

E como ja disse, a banca paga e recebe. Vamos ter jogos que o juiz va errar contra nos tal como errou ao nosso favor.
Agora o que seria ridiculo eh um jogador saber que esta irregular e ele mesmo ir dizer pro juiz anular o lance. Se eu fosse jogador so pararia minha jogada quando ouvisse o apito do juiz. Se nao apitou e eu marquei gol, vou comemorar sim senhor.
E parabens pela belissima vitoria contra o Goias, 4x0 contra antigos idolos eh pra lavar a alma de qualquer um!

DJ Aldebaran disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DJ Aldebaran disse...

Quais os favorecimentos que aconteceram contra Flamengo e Cruzeiro? E contra o Botafogo? Não vi. A bola não sai no 2º gol e o pênalti reclamado pela imprensa vermelha só aconteceu na cabeça deles. Pois foi claramente BOLA NA MÃO, e não caracterizando a intenção, não é pênalti.

Agora, comenta a expulsão despropositada do Fernandão.

San Tell d'Euskadi disse...

Discordo da interpretação do Aldeba nos TRÊS lances: a bola saiu (por pouco); foi pênalti; e a expulsão foi justa.

Luiz Portinho disse...

bah! por favor, o aldebaran tá louco!