terça-feira, outubro 12, 2010

ANO IV - NUMERO 192



É OFICIAL: ESTAMOS NA BRIGA


Desculpem-me por esperar até quinta-feira para escrever, mas era necessário. A derrota do Corinthians ontem para o Vasco nos coloca oficialmente na peleia por uma vaga à Libertadores do ano que vem. O Timão -3º colocado- somou apenas dois pontos nos últimos cinco jogos, e a diferença de 17 pontos caiu para seis. Se havia alguma desculpa esfarrapada para não ir ao Olímpico no domingo, ela esvaiu-se ontem. Libertadores deixou de ser sonho para ser um objetivo. A tarefa ainda é difícil, mas tornou-se possível. E para quem há um mês lutava contra o rebaixamento, isso já é um feito e tanto.

Jonas
Que fase do cantro-avante: cinco gols nos últimos dois jogos; quarenta gols na temporada; artilheiro disparado do campeonato. Ele está muito próximo de superar Renato no quadro histórico de goleadores do clube. Para completar, dificilmente ficará de fora da lista de Mano Menezes para o amistoso contra a Argentina em que apenas jogadores das ligas locais participarão. Muito justo e merecido.

Se significa gol do Grêmio, por favor: dança, Jonas!

Jogo da Semana: Grêmio (8º, 43) x (1º, 54) Cruzeiro; - Domingo, 17 de outubro, 16h
Onze pontos e sete posições separam líder e vice-líder do returno do campeonato. Isso é suficiente para dimensionar a extrema dificuldade que o Grêmio encarará no Olímpico na próxima rodada. Os mineiros ainda são os melhores visitantes do campeonato, são a melhor defesa do torneio, estão a 4 partidas invictos, e vêm de uma vitória sobre o então líder Fluminense.

Então que ninguém espere moleza no domingo, que o Jonas marcará mais dois ou três, e que o Victor será mero espectador. Os favoritos são eles! É jogo que será decidido no detalhe, e esse detalhe pode ser a torcida. Todo mundo lá! Apoiando tempo todo, mesmo que a situação venha a se tornar complicada. Será árduo, mas podemos vencer.

Vizinhança
Fomos citados algumas vezes na coluna do vizinho da semana passada. O clássico se aproxima, a distância entre os times -que já foi de 11- é de 4 pontos (com o mesmo número de jogos), e o vizinho já sinaliza que está fora da área de conforto.

O vizinho disse que "não ganhamos de ninguém em casa", quando vínhamos de uma vitória sobre o São Paulo por 4-2. E, naquela mesma semana, batemos o Grêmio/SP por 4-0. Nos últimos seis jogos em casa, foram 4 vitórias (Guarani, Atlético/GO, São Paulo e Grêmio/SP), 1 empate (Flamengo) e 1 derrota (Palmeiras). No total, temos 7, apenas duas a menos que o time dele. Como assim, não ganhamos de ninguém?!

Depois, ele afirmou que apenas fazemos figuração no campeonato. Bem, faltando 27 pontos a disputar, estamos 6 atrás do terceiro colocado. O Corinthians está em crise, já nos enxerga no retrovisor, e estamos mais rápidos que todos os times a nossa frente. Inclusive dois que não contam: Santos, e o co-irmão. Pode ter certeza que se isso é figuração, continuaremos "figurando" até o fim do campeonato.

Ainda, reclamou da eleição do Danrlei; como se esse não tivesse sido eleito legitimamante. Eleições democráticas são assim, Porto. Nem sempre se elege quem a gente quer. O candidato colorado ao governo, por exemplo, venceu; e eu não disse nada, por mais que tivesse vontade. E enquanto governador é um, deputados são 513. A eleição do Danrlei é um nada em comparação.

Por fim, falou da questão da vaga a Libertadores. Podemos voltar a 2008, e com a ajuda do Leonel, relembrar a postura do clube do vizinho à época:

"Olha, tchê... chega a ser cômica a posição do vizinho em se tornar o paladino defensor da lisura nos campeonatos enquanto a instituição para qual ele torce choraminga tanto pra conseguir disputar a Libertadores pela porta dos fundos, através de uma virada de mesa."
Para quem não lembra, o Internacional resolveu pressionar Conmebol e CBF para abocanhar uma vaga destinada ao PERU na Libertadores como campeão da Sul-Americana. Já o Grêmio, não quer roubar a vaga de ninguém; apenas tem o interesse que a Confederação corrija um erro absurdo na distribuição de vagas.

Dois anos depois, a postura do vizinho segue cômica. O motivo também segue o mesmo: pavor do Grêmio. Treme, Vizinho!

CHEGA LOGO, GRE-NAL!

Para Finalizar
Desnecessário repetir que ANTES vem o Cruzeiro. A Raposa costuma aprontar para cima da gente. Não podemos deixar que isso se repita.

Saudações imortais,
Paulo Roberto Tellechea Sanchotene - sancho.brasil@gmail.com







VALEU PELOS TRÊS PONTOS
.
Confesso que não fui a campo e não assisti o jogo ao vivo. Com a escalação anunciada, preferi me homiziar no sítio e ficar ligado no radinho (Guaíba, claro!). É verdade que não tínhamos nosso 4 meias de armação (Tinga, Andrezinho, D’Alessandro e Giuliano), mas C. Roth não precisava ter uma recaída tão brusca. Escalou o time com 3 volantões (Glaydson, Derley e W. Matias). E com Marquinhos encarregado do latifúndio da criação. E assim fomos. Para sorte, o Galo Mineiro, tentando sair da crise, veio a Porto Alegre recheado de desfalques. E para sorte, também, Alecsandro marcou o golo decisivo ao apagar das luzes do primeiro tempo (a propósito, fui dar comida ao cachorro no exato momento e só soube do golo no princípio da segunda etapa). Foi um daqueles jogos em que a única coisa importante eram os três pontos na tabela; e foi exatamente isso que conquistamos. A luta pelo título segue viva.
.
BONANZA I
.
Depois da tempestade vem a bonanza, velho ditado que poderia muito bem ser mencionado por C. Roth. Afinal, depois de enfrentar uma série de lesões e convocação de jogadores para seleção, chegou a hora de novamente ter seu time ideal à disposição. D’Alessandro já regressou do selecionado argentino e poderá, inclusive, ser utilizado contra o Santos, na quarta-feira. Tinga já está de volta aos treinamentos e regressa ao time contra o Flamengo, no sábado. Outro que pode retornar no Rio de Janeiro é R. Sóbis, assim como Giuliano, de volta da seleção brasileira. Além deles, há Illan que deverá sair jogando pela primeira vez, ao lado de Edu, na partida de Santos.
.
BONANZA II
.
Não bastasse todas essas boas notícias, os jovens Derley e Marquinhos foram os melhores em campo contra o Galo Mineiro, comprovando que merecem melhor aproveitamento dentro do grupo. Marquinhos que chegou a ser preterido por Éverton – quem não lembra ?! E Derley que já demonstrou em duas ou três oportunidades que teve que é mais jogador que W. Matias, ao menos na primeira função da meia cancha. Outro que joga mostra melhor rendimento que Matias e Glaydson. Enfim, C. Roth está com um grupo fantástico de jogadores nas mãos. E, mesmo assim, dá sinais de recaída como a escalação de Ney na lateral esquerda, em Curitiba (alguém tinha dúvidas de que não funcionaria ?!) e de três volantes para jogar em casa contra um time em crise. Seria o prazo de validade de Roth que começa a vencer ? Tomara que não.
.
CAMINHOS DE ABU DABI
.
Girava o dial no final de semana, entediado com os repetitivos noticiário, e me deparei com a voz de A. Braga, concedendo entrevista a J. A. Andrade. Fui obrigado a estacionar, contrariado, na estação oficial da turma da azenha. Mas valeu! O Abelão, talvez, seja mais Colorado do que eu. Confidenciou que na Libertadores 2006, antes dos jogos chaves daquela edição, realizavam-se churrascos sempre com as mesmas presenças (ele, Carvalho, Chumbinho e Leomir) e que como a coisa foi dando resultado, não eram permitidas outras presenças, por pura supertição. E no ponto alto da entrevista, A. Braga disse que em dezembro não vai se controlar. “Vou barbarizar por aqui, invadir campo, fazer pressão”, disse textualmente o eterno Abelão.
.
DATA FIFA
.
No México um grupo de 13 selecionáveis pediu a cabeça do treinero nacional N. de la Torre; e levou! Equador e Colômbia jogaram em Barcelona. O Uruguai meteu 4 na China sei lá aonde. E o Brasil, bem o Brasil, depois de uma edição de data FIFA com reunião de jogadores, mas sem jogos (uma verdadeira piada!), caçou mais alguns níqueis, dessa vez em terras inglesas – Derby para ser mais preciso - num estádio completamente vazio, contra a “gloriosa” Ucrânia. Enquanto isso as seleções européias jogaram interessantes partidas pelas classificatória da EURO-2012. Quando é que aprenderemos com os irmãos do norte ?
.
RÁPIDAS
.
Começa a ficar chato esse assunto da eleição. O e-mail disparado pelo grupo de P. Affatato na última semana e a dura entrevista-resposta de R. Siegmann não adicionam nada ao clube.
.
Em tempo: ainda acredito que G. Luiggi será o candidato de consenso da situação.
.
Escrevi sobre a entrevista de A. Braga e recordei que, no dia em que enfrentávamos o Chivas, lá em Guadalajara, o L. C. Reche (Rádio Guaíba) ligou para o Abelão momentos antes do jogo e teve uma conversa inesquecível, como se estivesse batendo um papo com amigo.
.
Na ocasião, só Abelão devia estar acordado no mundo árabe, às 4 horas da primeira madrugada de Ramadã.
.
São os caminhos de Abu Dabi. INTERNACIONAL RUMO AO BICAMPEONATO MUNDIAL FIFA!
.
SUB-23, mesmo jogando mau, venceu o Atlético-MG, com golo de penalty anotado por Guto, e garantiu vaga antecipada nas finais da competição
.
Guto, aliás, que pode ganhar oportunidade no meio de semana, contra o Santos, em virtude das suspensões de Alecsandro e L. Damião
.
Falei acima sobre a seleção brasileira. Deve doer para o vizinho ver o time canarinho jogando com Sandro, Giuliano, Nilmar e Pato – que marcou um golaço, diga-se de passagem.
.
É o Celeiro de Ases fabricando craques não só para o INTERNACIONAL, mas para o futebol brasileiro
.
Santos x INTERNACIONAL – Corinthians x Vasco da Gama. Dois grandes jogos para colocar a tabela em dia e para definir quem segue na luta pelo título nacional.
.
A propósito, beira o ridículo a tentativa da imprensa em nivelar os objetivos de INTERNACIONAL e do time da vizinhança.
.
Nem o mais louco e insano dos membros da turma de pijama tem o direito de acreditar que obterá a vaga na Libertadores. Afinal, é necessário ganhar 7 jogos em 8 partidas.
.
Mas há uma emissora de rádio local (curiosamente é sempre a mesma) que adota como política institucional lançar enquetes indagando de quem é a tarefa mais complicada: O INTERNACIONAL sagrar-se campeão ou a vizinhança classificar-se à Libertadores.
.
Por favor, um mínimo de respeito à audiência e à inteligência do ouvinte, leitor e telespectador. É só o que se pede!
.
Um bebê nas fraldas sabe que o time do vizinho está de férias desde muito antes da Copa do Mundo...
.
Santos na Vila Belmiro e Flamengo no Engenhão. Mais duas partidas cruciais no caminho do TETRA-CAMPEONATO Nacional
.
Saudações rubras, do DONO DA ALDEIA (*39), CAMPEÃO DE TUDO e SEMPRE NA PRIMEIRA DIVISÃO.
.
Luiz Portinho

4 comentários:

Rômulo disse...

Sancho, quando é esse amistoso BraxArg? onde? de repente pode prejudicar o grêmio né...

"estão HÁ 4 partidas invictos"

vamos ao olímpico.
[sim, arbo]

Paulo Roberto disse...

Arbo,

Já imaginava que era tu.

Escrevi "há", apaguei, reescrevi, e mudei outra vez. Que m...! Vou conferir a regra. Obrigado pela dica.

Sobre o amistoso, há um agora em novembro, que é quente. Nesse, perdermos Victor, mas o Jonas fica. O "frio" -o qual me refiro no texto- é depois do campeonato.

Paulo Roberto disse...

Porto,

A Seleção jogou com Victor, Lucas e Carlos Eduardo. Te doeu?

Paulo Roberto disse...

E Rever!