segunda-feira, novembro 26, 2007

Ano I, Número 46


FIZEMOS NOSSA PARTE

Conforme esperado, não tivemos maiores dificuldades em vencer o América-RN no estádio Machadão, com portões fechados. Com os 3x0, gols de William Magrão, Marcel e Diego Souza, o GRÊMIO ainda possui chances matemáticas de ingressar na Copa Libertadores de 2008. Ainda reafirmo ser muito complicado disputarmos esta competição.

Três vagas estão definidas. Santos e Flamengo venceram seus jogos e garantiram suas vagas. Sobrou uma. A disputa para esta vaga restante fica entre GRÊMIO, Palmeiras e Cruzeiro.


E QUAIS AS CHANCES?

Faltando apenas uma rodada, a classificação atual traz o Palmeiras na 4ª posição com 58 pontos, o Cruzeiro em 6º, com 57 pontos, 17 vitórias e saldo de 13 gols. O GRÊMIO está na sétima posição, com os mesmos 57 pontos do Cruzeiro, mesmo número de vitórias, mas nosso saldo é de 1 gol. Ainda tem o Fluminense na 5ª posição, mas este já está na Libertadores por ser o atual campeão da Copa do Brasil.

A parca esperança tricolor reside na vitória frente ao Corinthians, que até lá pode já estar salvo do rebaixamento, pois ainda temos três jogos da 37ª rodada na quarta-feira, combinada com tropeços de Palmeiras e Cruzeiro, que não podem vencer seus jogos.

O Palmeiras é o time com maiores chances. Basta vencer o Atlético-MG em casa. E o galo mineiro, que poderá definir sua classificação à Copa Sul-Americana nesta quarta, não deve dificultar as coisas pra não favorecer seu maior rival.

Já o Cruzeiro enfrenta o América de Natal em casa. Deve vencer sem dificuldades. Se vencer por 1x0 e o Palmeiras não ganhar seu jogo, o GRÊMIO terá que ganhar do Corinthians por improváveis 14 x 0 para garantir sua vaga à Libertadores.

Por isso que eu digo desde a semana retrasada que deveríamos projetar 2008 com a realidade sendo a disputa da Copa do Brasil e da Sul-Americana na próxima temporada.


DESPEDIDAS

O jogo de domingo também deve marcar a despedida de alguns jogadores do atual elenco: Sandro, Patrício, Ramon, Diego Souza, Bustos e Tuta não devem permanecer para o ano que vem. Alguns por terem seu ciclo encerrado, outros por não terem confirmado o que se esperava deles em 2007, e outros pelo fato de o GRÊMIO não ter como segurar aqui. Esta semana soube-se de uma proposta do Benfica pelo lateral Bustos. Eu gostaria que ele permanecesse, mas acho que não tem como segurar.

Outro que está de saída é o técnico Mano Menezes. Como ele está dando sinais claros de que não quer permanecer, e também de que seu ciclo também está se encerrando no GRÊMIO. Já foi noticiada nesta semana a não-permanência do Mano. Houve até especulações que já contra o Corinthians ele não estaria mais na casamata gremista. Para seu lugar já foram cogitados vários nomes, como Dorival Junior, Geninho, Ney Franco e Roberto Fernandes. No início desta semana, os dois nomes mais fortes que surgiram foram os de Tite, campeão da Copa do Brasil de 2001 pelo tricolor, e Mário Sérgio Pontes de Paiva, como indicado pelo assessor Alfredo Oliveira. Ora, Mário Sérgio é uma piada de mau gosto com o torcedor. Um camarada turrão, mau-humorado, e que nunca ganhou um título importante e não se firmou em time nenhum definitivamente não serve para comandar o GRÊMIO. Fora que ele teve uma passagem pífia como diretor executivo do GRÊMIO no início de 2005. E o Tite até pode ser uma boa aposta, desde que não cometa alguns erros que cometeu na sua primeira passagem por aqui, sendo que o principal deles é viciar o ambiente. Mas isto também passa por um comando forte da direção tricolor, que não pode permitir isto.

Particularmente, o nome que eu gostaria de ver treinando o GRÊMIO é o Geninho. Acho que ele merece uma chance no GRÊMIO para realizar um trabalho visando à conquista da Copa do Brasil do ano que vem. Competição esta da qual nós somos os maiores vencedores da história.


CHURRASCOS

A rodada também marcou a conquista matemática do 5º churrasco por parte da bancada tricolor. Mesmo que eles vençam o Goiás e nós sejamos derrotados pelo Corinthians, nós acabaríamos o campeonato com uma vitória a mais, o que garante o churrasco.

E já que o vizinho gosta tanto de 5x2, anota aí: o placar de churrascos pendentes é justamente este. Juntando os dois churrascos que devemos ainda do ano passado, mais os 5 conquistados este ano (100% de aproveitamento), são CINCO churrascos contra DOIS do adversário.

Aguardo, agora, a posição da bancada vermelha para 2008. A princípio, serão quatro churrascos: título do Gauchão, dois GRE-nais do Brasileirão e quem termina o Brasileiro na frente. Mas se houver confrontos mata-mata pela Sul-Americana ou pela Copa do Brasil, aposta automática, valendo um churrasco em favor do time que passar.


ARENA

Na quinta-feira passada, dia 22/11, foi dado mais um passo para o início da construção da arena gremista. Foram apresentados no Conselho Deliberativo os estudos de viabilidade técnica por parte da empresa Amsterdam Arena Advisory (AAA), juntamente com os dois projetos de construção do novo estádio, sendo que um deles manteria a localização atual do Olímpico e o outro construiria o estádio em outro local.

Na segunda, dia 26, o projeto foi novamente para a apreciação do Conselho Deliberativo. O prazo final para os conselheiros emitirem um parecer sobre qual o projeto que será executado, e conseqüentemente o local da nova Arena, é dia 20 de dezembro.

Ambos os projetos falam em arena para 51 mil pessoas sentadas, cobertura total para o público, 4 anéis, sendo 3 de cadeiras e um de camarotes, além de um hotel, shopping center e centro de convenções no entorno do estádio.


RAPIDINHAS

O GRÊMIO foi eliminado da Copa FGF ao perder a segunda partida no Centenário por 1x0, gol marcado pelo zagueiro Marília aos 43 minutos do 2º tempo. O jogo atrasou 50 minutos pela falta de uma ambulância, obrigatória segundo o Estatuto do Torcedor, e terminou sob forte cerração. O destaque gremista foi o goleiro Túlio. A final será disputada entre Caxias e Brasil de Pelotas.


Dia 26/11/2007 marca os dois anos da histórica e heróica Batalha dos Aflitos. Um dia que jamais sairá da cabeça dos gremistas. Um feito que leva às lágrimas até mesmo o mais frio dos torcedores.


As especulações falam que Ricardo Vontobel poderá assumir a presidência do GRÊMIO em 2008. Paulo Odone deve renunciar ao cargo no final deste ano para assumir a presidência da GRÊMIO Empreendimentos, empresa responsável pela construção da nova Arena. O estatuto do clube impede que dirigentes e conselheiros exerçam atividade remunerada junto ao GRÊMIO. E como o principal acionista da nova empresa seria justamente o GRÊMIO, ele não poderia acumular os dois cargos.


O GRÊMIO irá abrir o Gauchão de 2008. A primeira partida do tricolor será dia 19/01 contra o 15 de Campo Bom no estádio Olímpico. O campeonato tem término previsto para 4 de maio. O GRÊMIO busca o tricampeonato.


O zagueiro Leo e o meia Diego Souza foram convocados nesta segunda-feira pelo técnico Dunga para disputar um amistoso pela Seleção Olímpica. O jogo será dia 9 de dezembro contra a seleção do Campeonato Brasileiro.


Pelo jeito, o vizinho se afeiçoou de vez pela cor azul, hein? Ela está cada vez mais presente na coluna dele...


Para finalizar, gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória das vítimas da tragédia ocorrida na Fonte Nova neste domingo, onde 7 torcedores morreram e vários estão feridos. Que todos os times de todas as séries entrem com uma tarja preta na manga na próxima rodada.


Saudações de quem ganhou TODOS os CINCO churrascos apostados em 2007.

Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração



VIRTUDES COLORADAS


Povo que não tem virtude, acaba por ser escravo, propala uma das estrofes do hino riograndense. Não adianta cantá-las em vão, é preciso mostrar virtudes na hora em que o contexto exige a postura virtuosa. Mesmo em ritmo de férias, sem mais nada a fazer no campeonato nacional que finda, o grupo do Internacional honrou a camisa e a tradição Colorada. As vitórias sobre Cruzeiro e Palmeiras, que ajudaram diretamente ao time do vizinho, são demonstrações de grandeza do Internacional.


DIFERENÇA I

O que impressiona é o silêncio solene da imprensa a respeito do fato. Nenhum veículo, salvo em espaços interativos, lembrou, por exemplo, que em 1996 o time do vizinho entregou, na azenha, uma partida para o Goiás, com a exclusiva finalidade de eliminar o Internacional do certame Nacional.


DIFERENÇA II

O mais grotesco foi que, naquele dia, ao final da partida, sobrevoou a Capital avião com faixa denunciando a eliminação do Internacional. Esse é apenas mais um fato que exacerba as diferenças de conduta e procedimento aqui e acolá. Nessas horas tenho orgulho de ser Colorado!


CONVICÇÕES I

Tenho escrito muito a respeito da falta de convicção deste Internacional 2007. As declarações de A Braga e G Luiggi após a vitória contra o Palmeiras, dando conta que o grupo será mantido e que o time já tem até esquema definido (apesar de ser o nefasto 3-5-2) são alvissareiras. O discurso de primazia à gurizada das categorias de base na formação do grupo também é promissor. Tudo isso aliado ao bom planejamento de férias, que permitirá ao Inter ser o primeiro clube do Brasil a retomar atividades na próxima temporada, sinalizam bom planejamento.


CONVICÇÕES II

O difícil é acreditar no discurso. Quem pode garantir que o 3-5-2 não será alterado na primeira derrota ? A definição do esquema de jogo não depende de lesões ou disponibilidade de jogadores, mas sim da convicção do treinador. A Braga foi campeão da Libertadores e do Mundo escalando o time num 4-4-2 com dois meias ofensivos. Por que mudou ? Por que G Luiggi demorou tanto a formar este grupo que terminou 2007 tão bem ?


CONVICÇÕES III

E aí tenho de ouvir o Abel declarando que nunca foi tão fácil obter a classificação para a Libertadores. Sim, mas estamos a pelo menos 4 pontos dessa zona tão fácil de ser alcançada. Não adianta chorar o leite derramado. Faltou convicção neste Inter 2007.


OLIMPÍADAS

Dunga começa a formar sua seleção olímpica. Entre os convocados estão Renan, Maycon e Pato Alexandre, crias do Celeiro de Ases. Aliás, quando se fala em conquista olímpica, não se pode deixar de recordar a melhor campanha do Brasil, em Los Angeles/84, represetado por aquele timaço do Internacional. Dunga era o Capitão daquele escrete medalha de prata, no qual também jogavam, entre outros, L.C.Winck, Aloísio, A Luís, A Kaefer e Silvinho.


RÁPIDAS

A tragédia da Fonte Nova é a cara do Brasil.

Pior, as repercussões são o retrato do agir brasileiro.

Tchê, o que foi a choradeira do suplente de vizinho, na última semana, em relação aos destinos de seu time ?

E isso que o rapaz nem comentou (como de costume) os vexames institucionais de sua agremiação que diariamente cobrem as páginas esportivas de notícias dignas de caderno policial.

A propósito, estou curioso para ler a coluna vizinha esta semana. Será que o suplente já caiu na real e parou de sonhar, ou vai repetir a postura de enganado pela propaganda enganosa de sua direção, adotada quando da derrota por 3x0 para o Boca lá em Buenos Aires ?

O amigo Josué Krug lembrou que o duelo entre o time do vizinho e o América de Natal foi o clássico entre os dois clubes que mais perderam jogos em um único campeonato nacional. Pois é, o América-RN, com sua campanha magnífica, conseguiu a façanha de bater esse recorde que era da vizinhança.

Gabiru marcou o gol da vitória do Sport contra o Cruzeiro.

Por falar em Gabiru, reservem a tarde do dia 16 de dezembro, porque o INTERNACIONAL está preparando uma agenda de eventos inesquecível para a comemoração de aniversário da CONQUISTA DO MUNDO.


Saudações rubras, do DETENTOR DA TRÍPLICE COROA e ATUAL CAMPEÃO MUNDIAL.


Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br

9 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

Em 28/8/2007, na edição de n.º 33, este blogue sentenciou o destino do Grêmio: Copa do Brasil e Sul-Americana. Uma pena que acertamos...

San Tell d'Euskadi disse...

AH! E desde então, jamais escrevemos uma linha de que éramos favoritos para uma vaga da Libertadores. O empate com o Atlético Mineiro em casa foi o início da queda. Nunca mais nos levantamos.

lcportinho disse...

eu tava secando muito esse jgoo de vcs. contra o Atle-MG. os gols do Vinicius começaram a colocar água no chopp da pijamada, sem dúvida.

lcportinho disse...

Aldebaran, como se ve, ainda acredita na classificação. só que tem uma coisa, além dos 14x0 no corinthians, tem de esperar o coelinho da páscoa botar ovo de chocolate e o papai noel descer pela tua lareira Aldeba.

San Tell d'Euskadi disse...

Porto, duas coisas: não houve avião em 1996 - a eliminação de vocês foi anunciada no placar eletrônico; e SE VOCÊS TIVESSEM GANHO DO REBAIXADO BRAGANTINO, TERIAM SE CLASSIFICADO MESMO COM A VITÓRIA DO GOIÁS.

Perderam de 1-0 e erraram um pênalti com Leandro, o Feio!

JOSUE KRUG disse...

gremistas tem sérios problemas de memória senão vejamos:um dos tantos vexames do coirmão vergonha dos pagos foi ter perdido um jogo para o juventude com um gol contra depois de um tiro de meta.Outra foi esta do goias no época das ovelhas do tite que tomaram 3x0 em 20 minutos dentro do chiqueiro.Time grande joga TODAS PRA GANHAR E NÃO FAZ FIASCO EM DECISÃO DE CAMPEONATO

San Tell d'Euskadi disse...

Não exageres, Krug. A gente, efetivamente, entregou um jogo para o Papo na década de '70. Mas, sem gol contra, chê! E gente entregou porque nós só nos classificávamos perdendo.

Quanto a ter memória, o jogo contra o Goiás foi em 96, como escrito acima, e o técnico era o Felipão...

JOSUE KRUG disse...

admites que entregou de propósito!E foi para nos ferrar!

San Tell d'Euskadi disse...

Não sei, Josué. No dia, confesso, eu achei que sim. Hoje, entendo que não.

Acho que o time afroxou, por estar classificado - nada além -, e foi supreendido por um Goiás que não esperou atrás. O recado no placar eletrônico foi para distrair o torcedor, que estava incomodado com o péssimo resultado e futebol do Grêmio naquele dia.