terça-feira, outubro 28, 2008

Ano II, Número 93

ULTIMATO I

Não, não posso falar em futebol. Seria o fim da picada, depois dos resultados do final de semana. Política seria melhor ? Claro que não! Escrevo no sábado, véspera de tudo, mas não posso também falar de política, pois sei que não haverá um bom futuro. Na crise mundial não sei, acho que haverá, a longo prazo, sempre há afinal; o difícil é saber o quão longo é o tal de prazo. E aí resta o futebol, mas não queria falar em futebol.

ULTIMATO II

O Internacional sempre foi o clube do povo, todos sabem disso, não sou eu que digo. E com isso sempre quebrou regras, não há problema. Mas não ser campeão, mesmo possuindo, disparadamente, o melhor time e plantel da competição; aí já é demais, é quebrar de mais com o ordinário.

ULTIMATO III

Tudo bem, não se pode exigir que um clube vença todos e seja campeão de tudo (embora quase o sejamos, só falta a Copa Sudamericana). O INTERNACIONAL não vai vencer todos os jogos, tudo bem – tenho de me conformar -, mas há alguns que a vitória caí no colo. Não foi o caso de sábdo, contra o Atlético MG; até ouvir no rádio deu a exata noção de que o empate foi mais do que justo. Dois volantes de primeira função (Edinho e Sandro) atuando juntos é uma heresia e há algum tempo falta ambição a este INTERNACIONAL de Tite.

ULTIMATO IV

Não preciso voltar a falar do que já falei. Contra o Atlético-MG o Internacional tratou de colocar em campo todas suas vicitudes. Ao menos não restam mais chances matemáticas, a não ser para aqueles irracionais que defendem que 0,000000095% ainda é chance ou que é possível classificar ganhando 21 em 21 pontos. E assim não teremos mais de ouvir uma gama de comentaristas a falar em matemática. E assim podemos nos dedicar inteiramente ao grande feito do ano; o único clube de futebol do Brasil a se consagrar duas vezes campeão de eventos internacionais em 2008, com a inédita conquista da Copa Sudamericana; é isso que resta ao INTERNACIONAL e a conquista desta insígnia será grandiosa.

ULTIMATO – ÚLTIMO - ÚLTIMA QUARTA-FEIRA

E sempre vale a pena lembrar a grande vitória contra o Boca Juniores na última quarta-feira (clique aqui e assista ao GIGANTE COLORADO). Quem gosta de futebol vai acessar.

NÃO HÁ RÁPIDAS ESTA SEMANA.

Saudações rubras, do MULTICAMPEÃO MUNDIAL, INTEGRANTE DO G6, DETENTOR DA TRÍPLICE COROA MUNDIAL e DONO DA ALDEIA (38*).

Luiz Portinho - lcportinho@yahoo.com.br

PROIBIDO PERDER

Fomos extremamente beneficiados com a rodada desta semana. Fizemos nossa parte, vencendo o Sport Recife por 1x0 no Olímpico. E fomos beneficiados pelas derrotas de Palmeiras e Cruzeiro, que agora estão a 4 pontos do tricolor. Quem assumiu a vice-liderança foi outro tricolor. O atual bicampeão São Paulo se credencia como mais nova ameaça ao título gremista.

O São Paulo tem como vantagem não ter mais confrontos diretos contra nenhum dos outros 4 postulantes ao título (o Flamengo está com 55 pontos, empatado com Palmeiras e Cruzeiro). Pega adversários teoricamente mais fáceis e pode se beneficiar dos entredevoramentos de seus concorrentes diretos. No entanto, depende de tropeços do GRÊMIO e, se os dois times ficarem empatados em pontos, levamos vantagem no número de vitórias. Ao contrário do que acontece com Palmeiras e Cruzeiro, que ficariam com 1 vitória a mais em caso de empate em pontos com o GRÊMIO.

Quarta-feira o GRÊMIO enfrenta o Cruzeiro no Mineirão. Adversário direto. Por isso que eu digo que é expressamente proibido perder. Já havia comentado por cima que nosso retrospecto lá não é favorável. Vencemos lá no Mineirão apenas duas vezes na história: pela 1ª fase da Libertadores de 1997 e pelo Brasileiro de 1998, sendo que nesta segunda vez éramos treinados justamente por Celso Roth.

O Mineirão estará lotado. A torcida do Cruzeiro não está lá muito empolgada com o time, que acabou perdendo pro Atlético-PR na última rodada, fora que o técnico Adilson Batista, o “Capitão América”, não é visto com bons olhos pela torcida da raposa. No entanto, o próprio técnico cruzeirense define a partida como “a última chance” do time na busca pelo título. E a torcida deve se fazer presente em grande número.

O gramado do Mineirão também é um adversário a mais. Enquanto não se padronizar os campos para acabar com estas disparidades, a exemplo do que acontece em Copa do Mundo, onde todos os gramados devem ter obrigatoriamente 105x68m (por sinal a mesma medida do Olímpico), precisaremos enfrentar um campo de 110x75m, as mesmas medidas do Maracanã. Mas com a diferença que o gramado do Mineirão é mais ‘fofo’, grama mais alta, e isto cansa mais os jogadores. Em compensação, jogamos lá em Belo Horizonte uma das melhores partidas no campeonato: a vitória de 4x0 frente ao Atlético-MG. O GRÊMIO conhece o Mineirão e sabe o que vai enfrentar.

Logo após o GRE-nal, havia falado em obter 12 pontos nos próximos 15 disputados. Considerando que conquistamos 9 dos últimos 12, se vencer o Cruzeiro o GRÊMIO teria atingido este objetivo. No entanto, a situação na tabela permite um empate, assim ficando mantida a diferença de 4 pontos entre GRÊMIO e Cruzeiro. Agora, é proibido perder.


O JOGO CONTRA O SPORT

A exemplo do que havia ocorrido no jogo contra o Santos, fizemos o 1º gol logo no comecinho da partida. Reinaldo desviou a bola meio que sem-querer e marcou. E o GRÊMIO havia começado muito bem, lembrando o time do 1º turno: marcando, não deixando o adversário jogar, tomando total controle das ações do jogo. No entanto, isto só durou até os 20 minutos, quando houve um decréscimo de qualidade do time do GRÊMIO, e o Sport acabou levando perigo.

Celso Roth havia armado o time num 4-4-2, com Thiego de lateral-esquerdo, Felipe Mattioni mais recuado e o meio com Tcheco e Douglas Costa. No segundo tempo, o time voltou no 3-5-2 com os mesmos jogadores, deixando Rafael Carioca caindo mais pela esquerda e William Magrão de primeiro volante. A entrada de Souza no lugar do garoto Douglas Costa melhorou o time, no entanto Souza deve permanecer na reserva diante do Cruzeiro.

No final, acabamos mesmo no 1x0, vitória onde não apresentamos um bom futebol. Valeu mais pelos 3 pontos conquistados.


SOBRE O “CLUBE QUE SALVOU OS PONTOS CORRIDOS”

Em primeiro lugar, gostaria de deixar registrado aqui meu agradecimento ao amigo Paulo R. T. Sanchotene por ter representado muito bem nossa torcida aqui no BloGreNal em uma impossibilidade minha devido ao final da campanha eleitoral.

Mas foi muito bem explorada a questão de que nossos tropeços no segundo turno foram justamente o que deu graça para este campeonato.

Pensamos nós, principalmente após ter ganho do Atlético-MG por acachapantes 4x0, e depois ter derrotado o São Paulo por 1x0 no Monumental logo na estréia do returno, chegando a colocar 8 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, que este campeonato seria “páreo corrido” para o GRÊMIO. Mas esquecemos que os Deuses do Futebol nunca reservaram nada fácil ao GRÊMIO, e não seria desta vez que seria diferente. Afinal, tudo que conquistamos de mais importante foi com o generoso suor dos atletas que vestiam o Manto Sagrado Tricolor. E não duvido que o título, se vier, seja conquistado no último lance do último jogo. Ficaria até mais bonito se fosse dentro do Monumental lotado, com a torcida dando show, como deu durante todo o campeonato, ao contrário de uns que se vestem de vermelho e se auto-intitulam “maior torcida do Rio Grande” quando não o são mais há muito tempo.


RAPIDINHAS

O técnico Celso Roth declarou nesta terça-feira a noite que quer um jogo épico para coroar o título. O time que deve ir a campo é: Victor; Leo (Thiego), Pereira e Réver; Felipe Mattioni, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Helder (Souza); Douglas Costa e Reinaldo.


O GRÊMIO negou interesse no meia Molina, do Santos, para disputar a Libertadores de 2009.


Gostaria de saudar a volta do Corinthians à série A e parabenizar a todos os seus torcedores por se livrar do calvário da série B. Corinthians de volta para onde nunca deveria ter saído.


Registro também a torcida em favor do Xavante na série C e do Juventude na B.


Saudações imortais, desde a liderança do campeonato.


Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição, Gremista de Coração e Borracho por Opção

17 comentários:

Luiz Portinho disse...

comovente a solidariedade do aldeberan com a turma do CLUBE DA SEGUNDA DIVISÃO (especialmente com o Juventude, sua ex-filial, agora algoz).

Milton disse...

Porto, teu time eh que nem o Once Caldas. Ainda vai ter muito tempo pra voces chegarem ao nivel de Sao Paulo e Gremio em questoes internacionais. Ate 2006 teu time era intermunicipal e soh... humildade e coerencia nunca fizeram mal a ninguem! E ainda falar que o Boca nao eh campeao mundial eh beirar o delirio!
Agora, queres explicar por que fugistes de mencionar todos os jogos em que o gremio foi beneficiado? Ou de todas as outras perguntas que lhe fizemos?

Luiz Portinho disse...

1. seria chover no molhado mencionar (um por um) os lances de benefício do greminho... só para te lembrar, já q. teimas (coisa típica de gremista) em se esquecer: Ipatinga e São Paulo aqui dentro do chiqueiro... Santos numa jogada de volei do teu zagueiro ao final do jogo... e por aí vai... foram NOVE lances descarados de favorecimento... antes do gNAL, em que levaram sonoros QUATRO-a-um já eram contabilizados SETE lances (o que foi denunciado aqui mesmo nos cometnários pelo Josué e, mais tarde, pelo F.Carvalho, antes do clássico).

2. então vai lá no site da FIFA e vê se o Boca Jrs. é campeão do MUNDIAL FIFA.

3. Milton, o teu raciocínio é bem coerente mesmo: a) para dizer que o São Paulo tem mais títulos que o INTERNACIONAL na década (mesmo eu falando em canecos internacionais) valem os certames nacionais; b) agora, para dizer que o INTERNACIONAL é municipal até 2006, tu esquece das nossas conquistas. interessante! bom exemplo de incoerência, para quem, há algum tempo, vem utilizando o termo sem saber o que significa.

saudacoes rubras, Portinho.

jo disse...

pra terminar esta discussão de gremista surtado:Se o boca mostrar a taça de campeão mundial e ela for igual a que eu tenho no beira rio, eu viro gremista mas se não for o milton vira colorado!Aceita?

jo disse...

ah!Nós e o once caldas ganhamos do boca...Já voces...

Milton disse...

Tche, essa da taca ta muito engracada! Nao, Jo, nem sendo diferentes as tacas eu viraria colorado porque eu gosto demais de futebol :) Valeu, Jo, pela humildade em assumir que teu time eh que nem o Caldas.
E me diga, Porto, qual titulo internacional o inter teve antes 2006? Teu Internacional tava mais pra Intermunicipal ate aquele ano...
Alias, para de fugir! So foram mencionados dois jogos! Teu inter fez gol em impedimento no grenal do 1x1, esqueceu? So falta falar que vamos ser campeoes no apito...
... e ainda ta devendo uma explicacao sobre o depoimento de Taffarel sobre o melhor goleiro brasileiro da atualidade.
Saudacoes!

San Tell d'Euskadi disse...

Todo mundo lembra dos jogos contra Atlético Mineiro e Figueirense e pensa “como o Grêmio jogava bem no turno”. Balela. Houve outros 17 jogos e eles não foram fáceis assim. O Grêmio teve que “suar sangue” para vencer o Ipatinga, o Vitória, o Coxa. Mas, isso claro, o trocedor esquece rápido. Afinal, o que vale são os pontos. Se venceu, é o máximo; se perdeu, é ruim. Fim de papo.

Mas não é assim que funciona. Esse time do Grêmio precisa que o adversário esteja desconfortável em campo. Ele joga no desespero alheio. O rival se joga para cima, abre espaços, toma o contra-ataque e “adeus, tia Chica”. As goleadas só saíram, em SC, após o 3-1 e em MG após o 2-0. Até então, os jogos estavam equilibrados.

Quando a gente sai perdendo de 1-0, fica tudo MUITO mais difícil. As duas goleadas que sofremos aconteceram depois do 2-1 no Gre-Nal - até ali o jogo estava igual - e do segundo gol ontem. Ontem, poderíamos, aliás, merecíamos, ter tomado uma sapatada no primeiro quarto do jogo. Depois, emparelhamos e o jogo seguiu igual até o final do PT. Voltamos melhor para o ST até o 2-0. Ali, baixamos a guarda e o resto do jogo foi só para cumprir com a regra que manda jogar 90′.

Ontem, o que o Roth pensou para o jogo foi inutilizado com 13″. Tudo o que ele disse para os jogadores antes da partida, esvaiu-se em TREZE SEGUNDOS! Depois, ele faz uma substituição no intervalo, para reestruturar a equipe. Ele colocou o P. Sérgio EXATAMENTE para conter os avanços do Jonathan e liberar o Souza. Não é que com OITO MINUTOS, o Jonathan passa ABANANDO pelo P. Sérgio entra na área e liquida o jogo? Tchê, vida de treinador é uma b*st*…

Os jogos do Grêmio seguem equilibrados, mas não marcamos mais o primeiro gol. Só isso. É só por isso que vamos perder o campeonato.

Luiz Portinho disse...

bela análise sancho, como sói acontecer, já disse e repito, tu és o gremista mais lúcido que conheço. o gmio venceu Sport, Santos e Ipatinga assim, marcando um golzinho "xiripeiro" e mantendo o placar.

Luiz Portinho disse...

esse Vitor é o goleiro mais teatral que já vi atuar... o Taffarel, obviamente, não iria falar mal do cara, quando indagado pela reportagem; ficaria até mal para um CIDADÃO como é o TAFFA.

no jogo de ontem, Vitor se revezou entre ESPANTALHO (no 2o gol do Cruzeiro) e CAÇADOS DE BORBOLETAS (naquele lance em que cruzaram a bola da esquerda e ele saiu raqueteando o ar)... ridículo... para não falar no PEITO DE MADEIRA, sua especialidade.

jo disse...

antes de 2006 omaior de todos já que foi contra seleções:campeão panaamericano de seleções jogando final contra os argentinos(ih!os pijamas vão surtar!)Aliás teu time NUNCA foi convidado para representar o país porque eles sabem quem é que representa o talento futebolistico nacional aqui no sul.Medalha de prata nas olimpíadas eliminando nada mais nada menos que itália e alemanha.Torneio juan gamper contra o barcelona de diego maradona dentro do camp nou (mais um argentino que sentiu a alma colorada charrua e brasileira)feito nunca igualado por nenhum time na américa latina.

jo disse...

milton que tu ias refugar eu sabia...Alias tua memória seletiva pró pijama não lembra do assédio sexual do rodrigo mendes com o nilmar dentro da área gremista?Como futebol não é sauna gay(tem que lembrar o Morales Verão que tomou 8 jogos por pegar em bilau alheio) É PENALTI NÃO MARCADO CONTRA O TEU TIME ,CONCORDA?

jo disse...

CONHECES O GREMIO CALDAS? ASSIM COMO SEU CO IRMÃO DE SEGUNDA DIVISÃO TAMBÉM VENCERAM A LIBERTADORES...

jo disse...

ah!sobre a taça: o boca não tem porque não é campeão mundial,sure!Nosotros tenemos...

Luiz Portinho disse...

calma Josué, é muita coisa que o Milton não sabia... vai mais devagar, senão ele chora!

Milton disse...

Jo, quanto titulo de expressao! Torneio joao gaper, eh? NOOOOOOOOOshAAAAAAA!
Teu time entregou a faixa de campeao mundial pro gremio em 1984. Ponto.
Alias, concordo, lances assim sao faltas de recato com o ser humano e elas acontecendo dentro da area serao punidas com a penalidade maxima. Entretanto, o juiz tem que ver, nao eh? Por que tu nao fala no gol do botafogo anulado? Ou do penalti nao marcado pra nos contra o cap? So que isso acaba com o absurdo de que o gremio eh beneficiado por arbritagem, neh?

Carolina disse...

oi

Carolina disse...

oi