quarta-feira, outubro 07, 2009

Ano III, Número 142

TROPEÇO INADMISSÍVEL

Inadmissível. Essa é a melhor palavra para definir o empate em 3x3 frente ao Sport Recife no Olímpico neste domingo. Primeiro porque se tratava do penúltimo colocado na tabela, segundo porque estávamos enfrentando um time que não venceu nenhuma fora de casa, e que nunca nos derrotou no Olímpico na história. E terceiro pelo fato de que desde as semifinais do Gauchão de 2008 não levávamos 3 gols dentro de nossos domínios.

Mas o pior de tudo foi ver o nosso nível de atuação. Um time que parecia desinteressado em campo, que acabou sucumbindo a um time que resolveu atacar o GRÊMIO em seus domínios. E sem Victor para nos salvar (ele havia sentido uma lesão e desfalcou o GRÊMIO), não saímos derrotados porque nosso ataque acabou funcionando bem. Mas a defesa esteve lamentável. Leo teve outra atuação abaixo da crítica, o que justifica totalmente sua condição de reserva e alerta para a necessidade da contratação de um zagueiro para 2010. Isto associado a uma das piores atuações do ano do volante Adilson, que vinha sendo um dos mais regulares do time. E Marcelo Grohe falhou em 2 dos 3 gols do Sport.


DAQUI PRA FRENTE

Na coluna nro. 137, escrita pelo amigo Paulo Sanchotene, ele comentou que o desempenho de setembro que determinaria onde ficaríamos na tabela. E conforme preconizado aqui, os 8 pontos obtidos nos últimos 15 disputados determinou que ficaríamos mesmo na ‘meiúca’ da tabela. Hoje estamos na sétima posição. E por mais que os dirigentes e os jogadores dizem que o G-4 é possível, eu já estou contando os dias e as rodadas para que este campeonato acabe de uma vez.

O pior é ver que não está sendo feito nenhum tipo de planejamento para 2010.


DAQUI PRA FRENTE II

A próxima sequência é: Atlético-PR (F), Corinthians (F), Coritiba (C), Amargos F. C. (F) e Avaí (C). Minha previsão é de 8 pontos nestes 15 a disputar.


A POSTURA DE PAULO AUTUORI

O que mais me incomoda no momento é a postura totalmente passiva e fleumática do técnico Paulo Autuori. Para ele, parece que tanto faz se ganhamos ou perdemos o jogo. Falta ‘sangue no olho’ ao nosso comandante.

Talvez a gente tenha se acostumado mal, com Felipão e Mano Menezes. No entanto, quem acompanha futebol a um pouco mais de tempo e tem um pouco mais de idade como eu, no alto de meus 34 anos, consegue saber que estes técnicos ‘acadêmicos’ não dão certo por aqui. Em resumo: não é uma questão de ser bom ou mau técnico. Afinal um técnico ruim não teria 2 Libertadores e 1 Mundial no currículo. E sim, uma questão de perfil.

Uma prova irrefutável disso foi ele ter pedido a renovação de Tcheco para 2010.

Por isso que, a partir de agora, defenderei aqui neste espaço a troca do treinador por um que tenha mais a cara do GRÊMIO.


RAPIDINHAS

Correção: Mithyuê tem retorno previsto apenas para o ano que vem, e não para o mês que vem, conforme foi dito semana passada.


Saiu o desdobramento da 31ª e 32ª rodadas do Brasileiro. O clássico GRE-nal, no pardieirão, será dia 25/10 às 16h. E GRÊMIO X Avaí, no Olímpico, será às 21h de quarta-feira, 28/10.


Mário Sérgio Pontes de Paiva nos amargos? Acho que eles sentirão falta do Tite em breve!


Aliás, já que eles nos chamam tanto de bananas de pijama em razão da nossa camisa listrada (e uma negação à própria história), eles inventaram aquela camiseta cor de banana caramelada! Que côsa...


Mas o melhor de tudo foi vê-los sendo eliminados por um time que, segundo eles mesmos, disputaria rebaixamento no Gauchão com Sapucaiense e Brasil-PE. Está na coluna nro. 119, para quem quiser ver.


Aliás, acho que o vizinho não anda lendo minha coluna nestes últimos tempos. Afinal, desde quando eu coloquei o GRÊMIO como postulante a algum título nesta temporada?


Por sinal, acho que a própria direção do GRÊMIO quer passar mais um ano sem conquistas. Afinal, sinalizam com a possibilidade de renovar com Tcheco.


Não precisa fazer ‘terra arrasada’, mas o GRÊMIO precisa de uma profunda reformulação em seu elenco para o ano que vem. A começar pela não-renovação com Tcheco a contratação de um treinador que tenha identidade com o GRÊMIO.


Frase do blog GRÊMIO Copero, via Twitter: “Está faltando GRÊMIO ao GRÊMIO”.


Termina logo, 2009.


Saudações imortais do primeiro colocado no ranking OFICIAL da CBF,


Leonel Knijnik (DJ Aldebaran)
Gaúcho por Tradição e Gremista de Coração


.
SAI PASTOR ENTRA VESGO
.
A noite de domingo tinha indícios fortíssimos de que Tite já estava fora do cargo (escrevi a respeito em meu site pessoal na postagem FORA TITE ?). A segunda-feira confirmou as espectativas, com o anúncio de M.S.P de Paiva como novo treinador Colorado. Vejo a troca de comando como algo positivo. Mas penso que M. Sérgio não foi boa escolha. Havia outros nomes disponíveis e com maior identificação com o INTERNACIONAL (como já ocorrera, aliás, quando da contratação de Tite). Além disso, o "Vesgo" não possui trabalhos e curriculo recomendável na função de comandante técnico. Nossa sorte é que ficará no clube por apenas dois meses.
.
CIFRAS
.
As notícias dão conta que M. Sergio assinou por R$ 150 mil mensais e ganhará R$ 500 mil obtenha uma das 4 vagas à Libertadores. Restam 11 jogos. Portanto, a cada partida o treinador receberá a cifra aproximada de R$ 30 mil; podendo transformá-la em R$ 80 mil por partida, caso termine entre os felizardos do G4. É muito dinheiro para pouco curriculo!
.
CHUTE NA PORTA I
.
Escrevi na COLUNA n. 132, em 29.julho.2009: "O episódio da "sacudida no vestiário" deixou evidente que Tite perdeu o controle do grupo. E isso é preocupante. Agora Tite, definitivamente, é refém dos resultados. O "chute na porta do vestiário" sempre é a derradeira atitude da diretoria antes de afastar o treinador". Os resultados não vieram e a previsão se confirmou.
.
CHUTE NA PORTA II
.
A saída de Tite, aliás, confirma que a tal "sacudida no vestiário" não surtiu efeito. F. Carvalho, inegavelmente, sai enfraquecido com todo o acontecido. Não se pode negar que montou um bom plantel, mas tem boa parcela de culpa no baixo rendimento da equipe. Primeiro pela negociação exagerada de jogadores fundamentais ao grupo. E, depois, porque, em vários momentos cruciais, se omitiu ou demorou a tomar providência (a própria "sacudida do vestiário" foi tardia, como eu já denunciava lá em julho - coluna 132).
.
TRÊS ZAGUEIROS I
.
Até tento buscar motivos para saudar a chegada de M. Sérgio. Mas é difícil. Tudo leva a crer que o maldito 352 volte a ser o esquema de jogo. O noticiário dá conta de que será adotado o esquema com três zagueiros. Contra o Náutico teremos Bolivar, D. Moraes e F. Eller. Danilo não atuará mais pela lateral. Então, alguma solução mágica será adotada na direita, a não ser que a opção seja o jovem Daniel, de fraquíssimo desempenho em Santos. Na esquerda fica o Kleber. No meio campo, com as ausências de Giuliano e Sandro, devemos ter Guiñazu, Andrezinho e D'Alessandro. E na frente teremos Edu e Alecsandro.
.
TRÊS ZAGUEIROS II
.
Em meio à escrita encontrei a postagem "Como jogará o INTER de Mário Sérgio" no Blog Preleção, do E. Cecconi. Interessante, ele sugere um esquema 3-6-1 com dois meias ofensivos. Mas tal esquema, a princípio, ficaria mais adequado com Taison como meia ofensivo pela esquerda. E olha, conhecendo futebol e sabendo como treinadores gostam de inventar, eu não duvido nada que este 361 seja implantado e que o time entre em campo com Elton de volante, Andrezinho na lateral direita e Marinho de meio ofensivo pela esquerda. Aí eu peço que me tirem os tubos! É muita invenção!
.
POLÍTICA DE FUTEBOL
.
Aonde está a política de futebol de um clube que troca um treinador com as características de Tite por outro com o perfil de M. Sérgio ? Aonde está a política de futebol de um clube que joga uma temporada inteira no 4-4-2 (com 2 ou 3 partidas no 3-5-2) e, de repente, contrata um treinador que adota esquema de três zagueiros ? Aonde está a política de futebol de um clube que vende 4 titulares absolutos de sua equipe durante a temporada ? Aonde está a política de futebol de um clube que permite ao treinador guindar um jogador de pouca técnica (Maycon) a condição de titular absoluto e, em seguida, substituí-lo por um garoto da base estreante (Elton) ? Um clube sem política de futebol não merece ter 100 mil sócios!
.
CEGUEIRA
.
Ainda dentro do tema política de futebol, não se permite nem a um treinador da várzea fazer o que Tite fez com Sandro. O guri chegou a seleção brasileira credenciado por atuações de excelência como cabeça de área. Depois de voltar de sua primeira convocação, foi deslocado para segunda função da meia cancha para acomodar Magrão no time. Em Santiago do Chile, Sandro virou terceiro homem, com Glaydson e Maycon nas duas primeiras funções. E, finalmente, em Curitiba, Sandro foi jogado a cova dos leões. Atuou, pasmem, como um verdadeiro ponta de lança, na quarta função da meia cancha. E mesmo assim foi o jogador mais produtivo da equipe. E ainda tem umas nabas criticando o guri! É dose p'ra mamute!
.
ADEUS TITE
.
Em que pese as divergências reiteradamente expostas aqui, Tite merece elogios do ponto de vista pessoal. Demonstrou neste período em que esteve no INTERNACIONAL que, como indivíduo, merece o respeito do torcedor Colorado. Superou a desconfiança por ser oriundo lá da azenha e chegou a montar um time e um esquema de jogo que nos levaram a conquista da Copa Sudamericana e Gauchão; preservou o 4-4-2 em boa parte de sua trajetória. Seus pecados foram a falta de ousadia e criatividade para mudar o time em momentos adversos. Mas, do ponto de vista ético e pessoal, Tite sai de cabeça erguida do INTERNACIONAL.
.
RÁPIDAS
.
Amanhã Brasil x Uruguai pelas quartas-de-final do Mundial Sub20. Sou uruguaio desde criancinha. Quero a volta de Giuliano!
.
O centroavante Porcellis, que anotou mais de 170 gols na base, está jogando no Helsinborg da Suécia.
.
Detalhe: nunca teve chance no time principal. Inadmissível!
.
CAMPEONATO NACIONAL: Palmeiras com a mão na taça; São Paulo ainda com chances remotas de título. Inter, Atlético-MG e Goiás lutam por uma vaga no G4, a outra será do Flamengo.
.
Tchê, e a saga do marido fiel hein ?! Primeiro resolveu falhar em casa. Depois bater em bebum. E agora nem em bebum consegue mais bater. Pobre coitado!
.
Pergunta que não quer calar: como estaria o INTERNACIONAL na tabela se tivesse trazido Muricy ou Luxemburgo, quando ambos estavam disponíveis no mercado, em julho ?
.
Saudações rubras, do DONO DA ALDEIA (*39), CAMPEÃO DE TUDO e SEMPRE NA PRIMEIRA DIVISÃO.
.
L. Portinho

24 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

O Aldeba chega mais atrasado que o Thiego...

Milton disse...

Estou curioso no final do ano pra ver a reacao dos colorados caso se classifiquem pra Libertadores do ano que vem. Sera que vao comemorar ou lamentar o feito?

DJ Aldebaran disse...

Já estou aqui.

Luiz Portinho disse...

tche Aldeba,

1) tu quer treinador com a cara do gremio ?! entao busca o C Roth de volta...

2) não sonha... tu não vai conseguir nem 4 destes 15 pontos q. disputarás (1 com coritiba e 3 com o avai).

3) mais uma temporada sem título... DA-LHE FILA!!!

Luiz Portinho disse...

Milton, nao precisa ficar curioso, te respondo. é evidente que vamos comemorar, mas não como título. vaga não dá taça!

Milton disse...

Curioso, Porto, ja que levamos lenha por comemorar a vaga pra Libertadores. Ta me parecendo incoerente teu comentario.
Agora Porto, falando da direcao do inter, acho muito equivocada dar as cifras das quais tu colocastes no teu post pra ele com a obtencao da vaga. Aliada com a premiacao aos jogadores seria algo em torno de 2 milhoes de reais nao? Para um clube tao bem financeiramente nao parece um uso inteligente dos cofres do clube.

DJ Aldebaran disse...

Celso Roth foi defenestrado justamente por não ter a cara do GRÊMIO. Afinal, seu DNA PERDEDOR não combina com a história vencedora do GRÊMIO, que é o clube mais vitorioso do sul do país.

Eu previ 8 pontos da seguinte forma: 1 contra o CAP, 0 contra o Corinthians, 3 contra o Coxa, 3 contra vocês e um tropeço básico contra o Avaí: 1 ponto.

E temporadas sem títulos vocês sabem muito bem o que é. Até o Perondaço de 2002 ficaram 5 anos na fila.

Luiz Portinho disse...

Milton, a diferença é que não comemoraremos vaga em G4 como título. não tem taça e nós gostamos é de taça no armário (esse ano já são duas!).

Luiz Portinho disse...

pode ser Aldebaran, mas jamais ficamos 9 anos sem ganhar absolutamente nada (nem bola de gude!)... 1968-1977, o maior jejum da história da dupla gNAL ESTÁ ESCRITO E REGISTRADO NA HISTÓRIA.

Bruno Coelho disse...

Porto, somente na cabeça de colorado o pensamento que comemoramos a vaga na Libertadores como título, não o contrário. O fato de o seu time ter conquistado apenas a Sulamiranda, o plano B para encerrar o ano e justificar o preço do elenco, e não a vaga para a Libertadores no ano do centenário, fez com que viessem com esse papo. Comemoramos sim a vaga na Libertadores e houve ações de marketing com isso, mas não como título. Aliás, é bom o marketing colorado fazer o mesmo, pois mais uma vez tem um elenco caro e amarela no Brasileirão. Então comemorem a vaga na Libertadores com louvor, pois mais uma vez não justificarão os tamanhos gastos de acordo com as suas pretensões. ;-)

Bruno Coelho disse...

Sobre 1968-1977, ganhamos:

1971 - Copa Internacional de Porto Alegre (Taça Prefeito Municipal)
1971 - Taça do Atlântico (Torneio Sulamericano de clubes tricolores), em Porto Alegre
1972 - Taça Cidade de Salvador (Bahia)

Torneios pequenos? Concordo, mas para quem comemora Copa Suruga (deve ser mais importante do que vaga na Libertadores, não é?) conquistada contra o último colocado da J-League, pode abrir exceções quanto a esse jejum.
Mas pior mesmo é ficar 14 anos sem ganhar outro título além do estadual. Nesse períodio, o Inter nem sonhava em disputar título brasileiro e muito menos em ganhar uma Libertadores. Diferente da atual fase do Grêmio.

Milton disse...

Bem verdade, bruno, ainda ha esse detalhe.
O que eu nao entendo eh o odio deles com o abel. Com toda a especulacao apos a saida do tite, se o Felipao fosse especulado somente um gremista tolo nao gostaria de ve-lo na casamata. Pq nao o abelao que levou o inter ao seu ano gabiru?

Milton disse...

Na casamata do Gremio, claro. Pra nao deixar duvidas no meu comentario anterior.

DJ Aldebaran disse...

Em 2005 eles subiram em carro de bombeiros, fizeram faixa no estádio e deram volta olímpica pra comemorar um VICE. Em 2008 nós comemoramos o mesmo VICE com um aplauso ao time no estádio, no exato momento em que acabou o jogo Goiás X São Paulo, que deu o título pro time do Muricy. Não teve Goethe, não teve faixa, não teve carro de bombeiros, não teve volta olímpica. O velho DNA INCOERENTE daquela gente de vermelho se manifestando de novo.

Milton disse...

Tu ta brincando, aldeba. Eles nao fizeram isso ne?

Luiz Portinho disse...

Bruno,

1. falemos de torneios oficiais tchê, com chancela... taça do prefeito foi uma piada ? (estou morrendo de rir).

2. mudou o discurso então, porque no final do ano passado, referendados pela imprensa azul da aldeia, a pijamada queria comparar vaga na Libertadores a título da Sudamericana (daí surgiu meu argumento de que Colorado gosta mesmo é de taça no armário!).

Luiz Portinho disse...

tu achas incoerente a comemoração do TÍTULO DE CAMPEÃO BRASILEIRO MORAL DE 2005, porque na história tricolor o Zveiter e a MSI-Corinthians não existem... assim como não houve virada de mesa em 1992... e salve o mundo mágico da pijamada! ALdebaran no país das maravilhas...

Luiz Portinho disse...

Milton, quem tem ódio do Abelão cara pálida ?

DJ Aldebaran disse...

Campeão moral NO ECZISTE!

E já disse: apresenta as provas que houve virada de mesa em 92.

Bruno Coelho disse...

Ei Adelba, mostra de novo aquele site ao Porto em que desmistifica a virada de mesa de 1992, pois acho que deu branco nele.

Porto, quanto a 2005, é choro puro, digno de botafoguense. Além disso, ao invés de chorar através dessa história de “campeão moral”, pergunte-se por que o seu time vacilou contra o Juventude, Paraná e contra o rebaixado Coritiba na última rodada. Porque se vencesse no Couto Pereira, o Inter seria campeão, mas perdeu no campo.

Bruno Coelho disse...

Milton, fizeram sim. Foi a maior comemoração por um VICE campeonato que já vi. =P

Milton disse...

Bom, da pra entender bruno. Em 2005 eles ja estavam no seu 14 ano sem titulo fora do rs, entao um vice foi mesmo um grande feito. Mas com carro de corpo de bombeiros! Que exagero...

Milton disse...

Porto, leia blogs colorados. A maioria nao queria o belao nem perto do beira rio.
E a imprensa eh azul pq eh gremista, tal como a maioria do RS. Eh um baita elogio pra nos tricolores, valeu!

Carolina disse...

"quem comemora vaga aqui é a turma da azenha, COlorado só comemora TAÇA NO ARMÁRIO" (Luiz Portinho, post 139)
Cade a coerencia, Porto????